Diretoria corinthiana pode chamar Gobbi para esclarecer situação de Matheus Pereira

Diretoria corinthiana pode chamar Gobbi para esclarecer situação de Matheus Pereira

Por Meu Timão

21 mil visualizações 202 comentários Comunicar erro

Ex-dirigente do Timão deve ser ouvido pela atual diretoria para esclarecer repasse de 'fatia' de joia da base

Ex-dirigente do Timão deve ser ouvido pela atual diretoria para esclarecer repasse de 'fatia' de joia da base

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Eleita em fevereiro, a nova diretoria do Corinthians demonstra insatisfação em relação ao atual contrato do jovem Matheus Pereira. Tido como grande revelação da base, o Timão possui apenas 5% dos direitos econômicos do meia de 17 anos. Por isso, a cúpula alvinegra pretende chamar o ex-presidente Mário Gobbi para prestar contas sobre a situação do jogador. A informação é do colunista Jorge Nicola, do Yahoo! Esportes.

Mandatário do Corinthians entre 2012 e 2015, Gobbi teria feito o repasse de 65% dos direitos econômicos de Matheus Pereira ao empresário Fernando Garcia, agente do atleta. Segundo o jornalista, o dirigente teve de diminuir a “fatia” do Timão em relação ao meia para saldar débitos do departamento de futebol e aumentar sua porcentagem sobre Petros – em junho, o volante foi negociado com o Real Betis-ESP por R$ 2,5 milhões. No entanto, o valor sequer entrou aos cofres do clube, que repassou o montante a Garcia por conta de dívidas com o empresário.

No mês passado, Malcom e Matheus Pereira foram sondados pelo Braga-POR. O clube português estaria disposto a desembolsar R$ 28 milhões e R$ 17 milhões, respectivamente. De acordo com Garcia, agente da dupla corinthiana, as ofertas seriam “irrecusáveis” ao Timão, que se vê com o orçamento apertado nesta temporada. Apesar das altas quantias, o Alvinegro receberia um valor irrisório pela venda dos dois jovens, já que possui pequenas porcentagens sobre os corinthianos: 30% de Malcom e, como citado acima, 5% de Matheus Pereira.

Em entrevista à Rádio Globo no início de julho, Garcia revelou que os valores a receber do Corinthians não interferiam em negociações de seus atletas. “Não tem nada a ver uma coisa com a outra. Eu tenho certeza que vou receber do Corinthians, tenho entrado em contato com o Emerson Piovezzan (diretor financeiro) e com certeza absoluta ele vai resolver todos os problemas financeiros do Corinthians esse ano”, afirmou o empresário, acrescentando o valor atual do débito. “São R$6,5 milhões", completou.

Veja Mais:

  • Matheus Matias será emprestado pelo Corinthians em 2019

    Corinthians empresta Matheus Matias com cláusula contratual inspirada em Arana

    ver detalhes
  • Luan pode ser reforço do Corinthians em 2019; clube tenta chegar a um acordo com o Atlético-MG

    Corinthians tenta acordo com Atlético-MG por Luan; mineiros pedem grana e jogador como compensação

    ver detalhes
  • Leandro Castan pode voltar ao Corinthians seis anos após sair do clube

    Próximo do Corinthians, Castan publica mensagem misteriosa após reunião com Vasco

    ver detalhes
  • Corinthians encara São Paulo pelas quartas de final da Copa RS

    Corinthians e São Paulo fazem clássico valendo vaga nas semifinais da Copa RS

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes