Atacante que pediu para sair do Timão agora treina de favor na Argentina

Atacante que pediu para sair do Timão agora treina de favor na Argentina

Por Meu Timão

Martínez deixou o Corinthians em 2013

Martínez deixou o Corinthians em 2013

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O mundo do futebol é realmente uma caixinha de surpresas. Se em 2013, o argentino Juan Manuel Martínez pediu para deixar o Corinthians por não estar sendo aproveitado, hoje, a situação dele é bem complicada. O atacante está treinando de favor.

Depois de rescindir seu contrato, que ia até o final deste ano, com o Boca Juniors, Martínez está sem clube e precisou pedir ajuda para o Vélez, time onde foi formado. Ele está usando as instalações do clube para treinar e manter a forma física até que alguma proposta apareça.

O Veléz aceitou o pedido e o atacante já treina com o grupo profissional desde o início da semana. No entanto, a diretoria argentina deixou bem claro que não pretende contratá-lo.

O Corinthians ainda é dono de 10% dos direitos econômicos de Martínez e, por isso, torce para uma boa negociação, que dê algum lucro futuro. Ele foi contratado pelo clube brasileiro em julho de 2012 pelo valor de R$ 6 milhões, justamente do Vélez. No ano seguinte, após o atacante se irritar com a falta de chances na equipe titular, o Timão o vendeu para o Boca Juniors por R$ 6,1 milhões.

Veja Mais:

  • Jabá marcou seu primeiro gol como jogador profissional do Corinthians

    Trio desencanta, e Corinthians vence Linense no 'esquenta' para mata-mata do Paulistão

    ver detalhes
  • Confira os gols de Corinthians 3x1 Linense

    VÍDEO: Confira os gols de Corinthians 3x1 Linense

    ver detalhes
  • Guilherme Arana e Caique França foram bem avaliados pela torcida do Corinthians

    Goleiro e lateral são destaques do Corinthians nas notas da torcida após vitória sobre Linense

    ver detalhes
  • Corinthians enfrentará o Botafogo nas quartas de final

    Veja como ficou a classificação e os confrontos do mata-mata do Campeonato Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes