Na despedida, criticados se redimem e dão vitória ao Corinthians

Na despedida, criticados se redimem e dão vitória ao Corinthians

Por Meu Timão

Debaixo de forte chuva, Souza desencantou e marcou duas vezes contra o Atlético-MG

Debaixo de forte chuva, Souza desencantou e marcou duas vezes contra o Atlético-MG

O Corinthians se despediu com vitória do Campeonato Brasileiro 2009. Com dois gols de Souza e um de Bill, o time do técnico Mano Menezes bateu o Atlético-MG por 3 a 0, no Mineirão, neste sábado. Criticado durante a maioria do ano, Souza fez a torcida esquecer de Ronaldo por alguns instantes.

Com o triunfo, os comandados de Mano Menezes fecham a competição nacional na zona intermediária da classificação, com 52 pontos. De qualquer forma, o time comemora o bom saldo do primeiro semestre, quando levou as taças do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil. Portanto, irá disputar no ano que vem a sonhada Copa Libertadores da América durante seu centenário.

O Atlético-MG, por sua vez, encerra o ano em baixa, com cinco derrotas seguidas. Com 56 pontos, o time mineiro conseguiu a vaga apenas na Copa Sul-americana e foi obrigado a ouvir os gritos de "time sem vergonha" da parte de sua torcida por causa da queda de rendimento na fase final do Campeonato Brasileiro.

O Jogo

Apesar do campo em péssimas condições por causa chuva que castigou a capital mineira, Atlético-MG e Corinthians imprimiram um ritmo forte desde o início. O Galo tomava a iniciativa das ações, mas observava um Timão empenhado em explorar os contra-ataques.

Na primeira chance em favor do Atlético-MG, Evandro recebeu passe precioso de Coelho, mas chutou fraco, facilitando a defesa do goleiro Júlio César. Na resposta corintiana, Defederico foi acionado por Jorge Henrique e acertou a trave direita da meta adversária.

Alvo de críticas durante todo o ano, Souza resolveu mostrar serviço na despedida da temporada. Aos 17 minutos, o camisa 43 arriscou um chute da meia esquerda e acertou o ângulo do goleiro Carini. Um verdadeiro golaço.

O Atlético-MG sentiu o golpe. Apesar de ficar com a maioria da posse de bola, o Galo se limitava apenas aos cruzamentos na área. O Corinthians era mais perigoso com suas rápidas investidas, sobretudo com Defederico, que teve dois arremates defendidos por Carini.

Aos 41 minutos, Defederico voltou a mostrar a sua qualidade técnica e, em bela jogada individual, sofreu pênalti de Benítez. Na cobrança, Souza colocou a bola no canto direito de Carini e festejou seu segundo gol na noite.

Pouco antes do intervalo, o Atlético-MG teve a chance de diminuir a desvantagem em outra penalidade. Displicente, Diego Tardelli não foi feliz na sua "paradinha" e chutou para tranquila defesa de Júlio César.

Na etapa final, o Atlético-MG voltou com duas alterações: Sheslon e Alessandro foram para o jogo nos lugares de Coelho e Éder Luís. Tentando aproveitar o gramado encharcado, os donos da casa insistiram em chutes de longe. Júlio César fez bem o seu trabalho.

Com a falta de criação no meio-campo, Celso Roth fez a última tentativa com a presença de Renan Oliveira na vaga de Evandro, que saiu vaiado pela torcida. Mas o dia não era do Galo, que ainda levou o terceiro gol, marcado por Bill.

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

O Corinthians deve renovar o contrato de Souza?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes