Em busca de audiência, portais usam Corinthians para comparações absurdas

Em busca de audiência, portais usam Corinthians para comparações absurdas

Por Meu Timão

O Corinthians sempre gera boa audiência para os veículos de comunicação. Seja ela na televisão, que gera uma sequência de jogos exibidos, ou na internet, o nome do Timão é sempre usado para alavancar o interesse do público.

Esse foi um dos assuntos mais comentados nessa segunda-feira. Para divulgar uma matéria sobre o resultado do clássico entre Internacional e Grêmio, o site UOL usou o nome do Corinthians e chamou a atenção dos torcedores. "Maior goleada do Grêmio desde 1912. Na última vez que time fez 5 a 0 no Inter, o Corinthians só tinha 2 anos", escreveu o portal em suas redes sociais, com o link da matéria.

O portal R7 também entrou na onda de usar o Corinthians para conseguir chamar atenção em suas notícias. Uma matéria publicada nessa terça-feira, sobre uma série de imagens de uniformes feitos por um designer, leva o Timão no título.

"Novo uniforme? Veja como ficaria a camisa do Corinthians se seguisse modelo do Barcelona", escreveu o portal, apesar de ter mais oito uniformes de clubes diferentes desenhados pelo mesmo designer.

Confira alguns comentários dos torcedores na publicação da UOL

Veja Mais:

  • Carille pode sofrer desfalques por suspensão na final do estadual

    Com quase um time inteiro pendurado, Carille descarta poupar jogadores na primeira decisão

    ver detalhes
  • Sócios do Fiel Torcedores podem garantir ingressos para jogos do Brasileirão deste ano, na Arena

    Com ingressos a R$ 21, Corinthians lança pacote para o Brasileirão; veja valores

    ver detalhes
  • Torcedor é retirado após insistir em ficar em pé no Setor Oeste

    Vídeo de torcedor sendo retirado pela PM por estar em pé na Arena divide opinião da Fiel; assista

    ver detalhes
  • Fagner em partida contra o São Paulo, pelo Paulistão

    TJD-SP volta atrás sobre julgamento de Fagner, que pode desfalcar Corinthians em decisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes