Em busca de audiência, portais usam Corinthians para comparações absurdas

Em busca de audiência, portais usam Corinthians para comparações absurdas

Por Meu Timão

O Corinthians sempre gera boa audiência para os veículos de comunicação. Seja ela na televisão, que gera uma sequência de jogos exibidos, ou na internet, o nome do Timão é sempre usado para alavancar o interesse do público.

Esse foi um dos assuntos mais comentados nessa segunda-feira. Para divulgar uma matéria sobre o resultado do clássico entre Internacional e Grêmio, o site UOL usou o nome do Corinthians e chamou a atenção dos torcedores. "Maior goleada do Grêmio desde 1912. Na última vez que time fez 5 a 0 no Inter, o Corinthians só tinha 2 anos", escreveu o portal em suas redes sociais, com o link da matéria.

O portal R7 também entrou na onda de usar o Corinthians para conseguir chamar atenção em suas notícias. Uma matéria publicada nessa terça-feira, sobre uma série de imagens de uniformes feitos por um designer, leva o Timão no título.

"Novo uniforme? Veja como ficaria a camisa do Corinthians se seguisse modelo do Barcelona", escreveu o portal, apesar de ter mais oito uniformes de clubes diferentes desenhados pelo mesmo designer.

Confira alguns comentários dos torcedores na publicação da UOL

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes