Câmera flagra bronca de Renato Augusto em Elias e mostra clima amistoso no elenco corinthiano

Câmera flagra bronca de Renato Augusto em Elias e mostra clima amistoso no elenco corinthiano

Por Meu Timão

Elias mostrou calma após cobrança de Renato Augusto, no clássico de domingo

Elias mostrou calma após cobrança de Renato Augusto, no clássico de domingo

Foto: Reprodução - SporTV

No clássico deste domingo, contra o São Paulo, no Morumbi, um lance chamou a atenção da torcida corinthiana. Renato Augusto reclamou por não ter recebido de Elias uma bola na área. A jogada aconteceu aos 42 minutos do segundo tempo, quando o placar já estava empatado em 1 a 1.

O meia deu uma bronca ao não receber a bola do volante, no que poderia ter originado o segundo gol do Timão, garantindo a vitória com a virada do placar. Em resposta à reação, Elias abriu um sorriso, em clima amistoso, e respondeu: "Ei, ei, calma!".

Com o empate, o Corinthians se manteve na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 34 pontos, dois a menos que o líder, Atlético-MG. O próximo confronto, que será o penúltimo do primeiro turno da competição, é contra o Sport, às 22h, nesta quarta-feira, na Arena Corinthians.

Enquanto Renato Augusto está no clube do Parque São Jorge desde 2013, Elias já está em sua segunda passagem pelo clube - a primeira foi entre 2008 e 2010, e a segunda começou em 2014.

Veja Mais:

  • Giovanni Augusto treinou como lateral nesta terça-feira

    Giovanni na lateral, mudança na zaga e susto de Rildo: o treino desta terça do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians encara o Cruzeiro neste domingo, no Mineirão

    Resultado no Mineirão vale mais que os três pontos para Corinthians e Cruzeiro; entenda

    ver detalhes
  • Walter prestará homenagem a Danilo em suas luvas

    Walter usará luva personalizada em tributo a ex-goleiro da Chapecoense Danilo

    ver detalhes
  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes