Como a tecnologia tem ajudado o Corinthians dentro e fora de campo

3.8 mil visualizações 27 comentários

Por Meu Timão

Centro de Inteligência do Futebol do Corinthians tem ajudado o Timão dentro e fora de campo

Centro de Inteligência do Futebol do Corinthians tem ajudado o Timão dentro e fora de campo

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Apesar do futebol ser um dos esportes coletivos mais tradicionais do mundo, o uso da coleta de dados auxiliando na tomada de decisões ainda é novidade. Prática tradicional e quase obrigatória em esportes como futebol americano, baseball e basquete, o processamento de dados e a presença de uma equipe de Tecnologia da Informação dentro dos clubes chega para ajudar a evolução dentro de campo e fazer com que se gaste menos (ou melhor) na hora de contratar.

Qual é o momento ideal - estatisticamente falando - para se fazer substituições, qual contratação tem mais chances de dar certo no Corinthians? Escanteio vale mais a pena cobrar curtinho ou cobrar na área? O que vale mais a pena: fazer dois gols em dez jogos consecutivos ou não sofrer nenhum gol em dez partidas?

Aos poucos, estatísticos e tecnólogos vem desvendando os dilemas no futebol, mas cada equipe pode encontrar sua maneira de jogar, baseado em números. O Corinthians saiu na frente entre os clubes brasileiros e montou o CIFUT (Centro de Inteligência do Futebol do Corinthians).

Cifut - CorinthiansCentro de Inteligência no Futebol do Corinthians | Foto: Reprodução TV

Para explicar um pouco mais sobre esse universo, o Meu Timão conversou com Luiz Fernando da Silva, que trabalha na área de TI do Corinthians. Formado em análise de sistemas, Luiz estará no evento Futebol 3.0, que acontece neste sábado, na Arena Corinthians, palestrando sobre Big Data e Data Science.

Confira a entrevista na íntegra

Explique sua função e há quanto tempo você está no Corinthians?

Sou desenvolvedor da equipe de tecnologia da informação do clube. Já estou no Corinthians por volta de 4 anos, mas apenas nos dois últimos trabalhando com o CIFUT, o Centro de Inteligência do Futebol do Corinthians. O clube já possui um sistema informatizado que registra informações desde 1997. Meu trabalho é modernizar e expandir o sistema com os novos conceitos de computação em nuvem, Data Science e portabilidade para dispositivos móveis.

Você já exercia essa profissão antes? Como surgiu o convite?

Antes de trabalhar no Corinthians trabalhava em uma empresa que gerenciava o futebol do Esporte Clube Santo André, auxiliando o Alessandro Gonçalves, que também vai estar no Futebol 3.0, com o objetivo de ajudar na modernização da gestão. O Alessandro já havia trabalhado no Corinthians e foi convidado para voltar. Eu vim junto.

Que tipo de dados vocês coletam para gerar informação?

Coletamos muitos tipos de dados, usando várias ferramentas. Desde as informações que dizem respeito ao desempenho dos jogadores dentro de campo aos controles da saúde física deles. Também coletamos informações de mercado, para analisar jogadores com potencial e dos adversários para auxiliar nas tomadas de decisão.

Como o trabalho de vocês ajuda o Corinthians dentro de campo?

Hoje o CIFUT produz dados que apoiam a comissão técnica nas tomadas de decisões estratégicas e direcionamento das atividades durante a semana com o foco nos resultados em jogo.

E fora de campo, na hora das contrações, vocês sugerem jogadores baseado em números?

Sim. A equipe de analistas do CIFUT avalia jogadores em vários pontos de vista, mas nesse caso a análise qualitativa, os atributos que podem fazer o jogador se enquadrar no elenco, tem mais peso que a análise quantitativa.

Jogadas, posicionamento, cobranças de lateral e escanteio, é possível analisar tudo isso através de números?

Com certeza. Esses pequenos eventos do jogo já são analisados pelo CIFUT antes, durante e após os jogos, mas usar somente os números é apenas uma análise superficial. É possível analisar mais profundamente e detectar padrões e comportamentos que vão criar insights para novas estratégias.

O treinador está sempre alinhado com o trabalho de vocês? Ele sugere vocês analisarem e buscarem algum tipo de informação?

O CIFUT tem um padrão de fluxo de trabalho, mas esse padrão se adapta totalmente às necessidades e pedidos do Tite, da comissão e da gerência. A ideia é entregar sempre a informação da melhor forma possível para ser rápida e fácil de ser aplicada.

No futebol e principalmente no Brasil, esse setor parece ser muito novo e o Corinthians parece estar na frente dos outros clubes. Que tipo de vantagens o Timão pode tirar disso?

O trabalho ainda está em um estágio inicial, mas mesmo assim é possível tomar decisões estratégicas com maior embasamento científico e estatístico. O potencial é gigantesco, tanto dentro e fora do campo. Basta ver outras áreas como o comércio, por exemplo, onde a exploração dos dados criou inúmeras oportunidades para as empresas do setor e hoje é praticamente essencial para se manter vivo no mercado. O uso da tecnologia no futebol vai reduzir os custos e ampliar a capacidade de gerar resultados em campo. Não será um futebol quadrado, mas sim uma arte de alto nível.

No próximo sábado, você estará falando do seu trabalho no evento Futebol 3.0, na Arena Corinthians. Deixe um convite pra sua palestra.

No Futebol 3.0, eu e outros membros do CIFUT vamos mostrar alguns detalhes do nosso trabalho hoje e das nossas projeções para o que vem por aí. Recomendo para quem quer conhecer o futebol do futuro.

Veja Mais:

  • Roger Guedes pode estar próximo de acerto com o Corinthians

    Roberto de Andrade comenta situação de Roger Guedes; Corinthians espera liberação

    ver detalhes
  • No primeiro compromisso do Corinthians em 2021, em janeiro, ainda pelo Brasileirão 2020, uma inesperada goleada por 5 a 0, na Neo Química Arena

    Corinthians ganhou apenas duas vezes de times considerados grandes em 2021; Flamengo vem aí

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu detalhes dos próximos jogos do Brasileirão

    CBF desmembra tabela e Corinthians conhece detalhes das próximas rodadas do Brasileirão

    ver detalhes
  • Giuliano não atua desde 25 de abril, quando entrou em campo pela última vez com a camisa do Basaksehir, da Turquia

    Entenda por que Giuliano e Renato não jogam contra o Flamengo e o Corinthians não lamenta isso

    ver detalhes
  • Rodrigo Varanda durante último treino antes do jogo contra o Cuiabá

    Corinthians renova contrato de Rodrigo Varanda; jogador pode sair do clube nos próximos dias

    ver detalhes
  • Safety do Patriots se apresentou com a camisa do Corinthians

    Jogador da NFL usa camisa do Corinthians em reapresentação para treinamentos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x