Empresário e ex-jogador do São Paulo acusa Corinthians de negligenciar Adriano

Empresário e ex-jogador do São Paulo acusa Corinthians de negligenciar Adriano

Por Meu Timão

Adriano não conseguiu se firmar no Corinthians

Adriano não conseguiu se firmar no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Atualmente coordenador de seleção da Confederação Brasileira de Futebol, o ex-empresário, Gilmar Rinaldi, acusou o Corinthians de ter não ter aceitado uma exigência feita por ele para assinar com Adriano, em 2011.

O jogador vinha de uma série de problemas fora do Brasil e não conseguiu se acertar no Timão. Rinaldi conta que pediu que o atleta tivesse um acompanhamento médico específico, algo que o clube considerou não necessário.

"Teve uma história com o Corinthians. Eu negociei a transferência com uma exigência no Corinthians com o Andrés (Sanchez), que eu também tinha pedido ao Flamengo e a Roma, que estivesse escrito que tinha que ter um médico pra fazer acompanhamento com o Adriano e acharam que não precisaria e eles fizeram sem colocar o médico. Acharam que não era importante. Eles não me passaram para trás, passaram ele para trás (Adriano). Um médico psiquiatra. Quando ele foi para o São Paulo, quando ficou tudo bem, foi a exigência que eu fiz para ele ir", relembrou o ex-empresário, em entrevista ao "Bola da Vez", da ESPN Brasil.

Rinaldi também explicou que a morte do pai de Adriano, em 2004, por conta de um infarto, foi o que ocasionou a crise na vida do jogador. Mas, mesmo assim, ele fez questão de dizer elogiar tudo que o ex-jogador do Timão representou para ele.

“Eu passei muitas situações. Fiquei 10, 11 anos com o Adriano. Me dediquei ao máximo. Tenho carinho por ele como se fosse um filho. Vou ter sempre. Uma pessoa que me ajudou, me promoveu como agente, com a forma que entrei na Europa”, finalizou.

Veja Mais:

  • Gaviões da Fiel foi a primeira das torcidas a chegar no Pacaembu neste domingo

    Organizadas chegam ao Pacaembu para ato em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes