Tribunal Eleitoral protocola pedido para criação de Partido Nacional Corinthiano

Tribunal Eleitoral protocola pedido para criação de Partido Nacional Corinthiano

Por Meu Timão

O Timão está prestes a ter seu nome envolvido na política do Brasil. Nesta quarta-feira, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) recebeu um pedido para a criação do Partido Nacional Corinthiano, uma legenda formada por torcedores do clube paulista que promete “despertar o interesse real do brasileiro pela política”. A informação é do portal G1.

De acordo com o tribunal, uma equipe técnica fará a análise completa da documentação entregue pelos corinthianos e a repassará ao ministro Henrique Neves, que será responsável por verificar as exigências legais.

“O Partido Nacional Corinthiano não se encaixa em uma definição prévia de partido de centro, de direita ou de esquerda, pois não segue os “ismos” de ideologias que não deram certo ao longo da nossa República, como o socialismo, o neoliberalismo, o comunismo (...)”, afirma o presidente Juan Antonio Moreno, em texto disponível no site oficial da sigla.

Apesar do pedido de registro ter sido efetuado somente nesta quarta-feira, o partido existe há cerca de um ano e está registrado no 2º Ofício de Registro Civil de Brasília. Em sua página oficial do Facebook, a legenda conta com pouco mais de 1.300 seguidores.

“Perseguimos os mesmo objetivos lançados como alicerce do movimento denominado “democracia corinthiana” implantada no Sport Club Corinthians Paulista por lideranças como Sócrates, Casagrande, Wladimir, dentre outros no início da década de 80, portanto há mais de 30 anos atrás”, explica. Vale ratificar que o partido não há relação alguma com o clube do Parque São Jorge.

Veja Mais:

  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Guilherme foi o destaque da atividade coletiva pelo segundo dia consecutivo

    Dupla volta, e Oswaldo vê time titular brilhar em treino do Corinthians; veja a escalação

    ver detalhes
  • Sanchez denunciou também que Odebrecht abriu portas da Arena a repórteres, para mostrar 'somente o que quer'

    Andrés Sanchez se pronuncia sobre auditoria da Arena e critica Corinthians

    ver detalhes
  • Wagner pode reforçar o Corinthians em 2017

    Agente explica situação de Wagner e diz ter acerto contratual com Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes