Antes de clássico, Renato Augusto destaca diferença entre Copa do Brasil e Brasileirão

Antes de clássico, Renato Augusto destaca diferença entre Copa do Brasil e Brasileirão

Por Meu Timão

Renato Augusto é uma das apostas do Timão para vencer o Santos

Renato Augusto é uma das apostas do Timão para vencer o Santos

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Em grande fase, Renato Augusto é uma das principais apostas do Corinthians para reverter a desvantagem diante do Santos, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Após perder o jogo de ida, por 2 a 0, o Timão recebe a equipe praiana, nesta quarta-feira, às 22h, na Arena. Segundo o meia, em torneio mata-mata, o sentimento é outro.

"Jogo de mata-mata é assim. Pode ser o último jogo e você fica mais vivo. Pode ser o nosso último jogo na Copa do Brasil agora, então tem esse sentimento. No Brasileiro, você pode se recuperar depois. Na Copa do Brasil, não. Se não for agora, só ano que vem", comentou o atleta em entrevista ao Lance!.

Sem Jadson, o camisa 8 tem ainda mais responsabilidade para o clássico, contra o Santos. Ele, porém, acredita que qualquer jogador no grupo corinthiano pode resolver a partida.

"O Santos joga em função dele (Lucas Lima) e do Ricardo Oliveira. A gente é mais um time de grupo, não tem essa de um cara que vai decidir. Não acho que eu vou acabar decidindo, nosso time é tão grupo, tão unido, que é capaz de quem entrar decidir", disse o meia, que já começa a pensar em brechas para superar a defesa santista.

"Tem um pouco disso, porque a gente recebe vídeo do adversário. Tem volante que sobe, então eu sei que tem um buraco nas costas dele, tem volante que fica, e eu tenho que sair mais pra receber... Eu fico pensando algumas coisas, já ligado ao jogo", finalizou Renato Augusto.

Veja Mais:

  • Timão e Caixa não chegaram a acordo pela renovação

    Corinthians recebe ofertas, mas pode permanecer sem patrocínio master na decisão; veja imposições

    ver detalhes
  • Fagner não corre risco de perder finais do Paulistão

    Julgamento de Fagner por suposta agressão no Majestoso acontecerá só após finais do Paulistão

    ver detalhes
  • Jadson, com a 10, fez um dos gols contra a Universidad de Chile na Arena

    Corinthians vai devolver camisa 10 a Jadson; utilização na decisão ainda é incógnita

    ver detalhes
  • Pedrinho assinou por mais dois anos com o Corinthians

    Corinthians renova contrato com meia Pedrinho

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes