Tite justifica ausência de jogadores importantes em campo: 'Não é o técnico que quer'

3.1 mil visualizações 65 comentários

Por Meu Timão

Tite falou sobre presença de Elias no banco de reservas

Tite falou sobre presença de Elias no banco de reservas

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians entrou em campo contra o Santos, nesta quarta-feira, com quatro mudanças em relação ao elenco que compôs a derrota por 2 a 0 na Vila Belmiro, na última semana. Sem Luciano, Jadson, Elias e Fagner, o técnico Tite escolheu Cássio, Edilson, Felipe, Gil, Uendel, Ralf, Matheus Pereira, Bruno Henrique, Renato Augusto, Malcom e Vagner Love. Ou melhor, não "escolheu". Segundo as palavras do próprio treinador, "Não é o técnico que quer".

Após a derrota por 2 a 1 e consequente eliminação na Copa do Brasil, Tite, quando questionado sobre a ausência do volante Elias no jogo decisivo, assim como já aconteceu em outras ocasiões, justificou que a escolha parte do departamento médico e físico do Timão.

"Não escolho e não deixo fora, é muito fácil para mim colocar, eu teria todas as condições de falar, eu e a equipe, de colocar o atleta para estourar, assim como foi com o Felipe. Quando vem o departamento médico e físico, tem toda uma estrutura por trás, então não é o técnico que quer. Algumas situações são inevitáveis, eu não queria nem em relação a ele, ao Fagner e Jadson. Mas quando acontece, é pelo departamento físico", esclareceu o técnico.

"Podia pensar assim 'O Elias vai para a Seleção, então vou meter ele nos jogos e estourar ele'. O Corinthians não faz isso, tem que ter uma responsabilidade muito grande. Estou externando ideias para serem avaliadas", completou, lembrando que o jogador deve se apresentar à Seleção Brasileira, para a diputa de dois amistosos, na segunda-feira, após a partida contra a Chapecoense, neste domingo. Pela convocação, Elias ficará de fora de três jogos do Timão: Fluminense, Palmeiras e Grêmio.

Além de justificar a opção por alguns jogadores importantes no banco de reservas, Tite ressaltou que o Santos, na última semana, entrou em campo pelo Campeonato Brasileiro antes que o Corinthians e, portanto, teve mais tempo para a recuperação dos atletas.

"A sequência de jogos pega de trás para frente, e normalmente o quinto jogo te trás um decréscimo de desempenho e performance. O Santos jogou no sábado, e tem uma equipe um pouco mais jovem também. A nossa sequência, era o sexto jogo de uma série de jogadores importantes", concluiu.

Veja Mais:

  • Academia da Neo Química Arena será de responsabilidade da Red Fit; parceria antiga com Anderson Silva deixa o clube

    Corinthians faz parceria com rede de academias, que assume instalações do clube e do estádio

    ver detalhes
  • Otero voltará a ser desfalque do Corinthians para defender a seleção venezuelana

    Otero volta a ser convocado para as Eliminatórias da Copa e desfalca Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians volta a treinar no Centro de Treinamento Dr. Joaquim Grava

    Corinthians inicia preparação para Copa do Brasil com treino em dois períodos; veja provável time

    ver detalhes
  • Ao fundo da foto, WiBX estampa as placas de publicidade da Fazendinha

    Corinthians tem novo patrocinador para equipe feminina de futebol; parceria é exibida desde quarta

    ver detalhes
  • Hypera Pharma comprou os naming rights do estádio corinthiano em setembro

    Dona dos naming rights do estádio do Corinthians, Hypera Pharma atinge maior receita da história

    ver detalhes
  • Gabi Nunes retornou aos gramados no último mês de agosto; atacante havia rompido o ligamento do joelho

    Elenco competitivo, retorno aos gramados e sonho olímpico: Gabi Nunes fala ao Meu Timão

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: