Com atleta corinthiano, Brasil faz quinto tempo na natação, mas acaba desclassificado

Com atleta corinthiano, Brasil faz quinto tempo na natação, mas acaba desclassificado

Por Meu Timão

Brasil fez o quinto melhor tempo, mas acabou desclassificado

Brasil fez o quinto melhor tempo, mas acabou desclassificado

Foto: Site oficial do Corinthians

Com a participação do corinthiano Victor Furtado, o Brasil participou na manhã desta sexta-feira (28), da prova de revezamento 4x200 livres masculino, no Campeonato Mundial de Natação Junior. Mesmo realizando o quinto melhor tempo, a equipe acabou desclassificada devido a um salto irregular, na troca de atletas.

O time brasileiro contava com Giovanny Lima, Felipe Ribeiro de Souza e Nathan Bighetti, além do nadador do Corinthians, que fechou a prova com o tempo de 7min21s49. A marca era considerada boa, porém, como houve falha em uma das trocas, os competidores acabaram desclassificados.

Victor Furtado é uma aposta da natação corinthiana, que conta com outros grandes nomes, como Brandonn Pierry, Leonardo de Deus, Felipe França, Thiago Simon, Arthur Mendes, Natália de Luccas e Pamela Alencar. Estes, por exemplo, representaram o Alvinegro nos Jogos Pan-Americanos e conquistaram seis medalhas de ouro, das dez que obteve o Brasil.

Veja Mais:

  • Setor Norte da Arena Corinthians segue interditado para o início do Brasileirão

    Setor Norte da Arena segue interditado para Brasileiro; Corinthians pode ter dois clássicos 'vazios'

    ver detalhes
  • Pedrinho surge como opção para Jadson, que foi preservado do treino nesta quarta-feira

    Pedrinho é testado por Carille no primeiro treino com titulares antes de decisão

    ver detalhes
  • Guilherme foi empréstimo ao Atlético-PR

    Atlético-PR anuncia contratação do corinthiano Guilherme até 2018

    ver detalhes
  • Comemoração do quarto gol do Corinthian-Casuals na semifinal da liga inglesa

    Corinthian-Casuals vence jogo histórico, chega na final da liga inglesa e pode subir de divisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes