Após Zizao, presidente do maior banco do mundo se encanta com Timão

Após Zizao, presidente do maior banco do mundo se encanta com Timão

Por Meu Timão

Victor Zhao Guical ganhou uma camisa oficial do Timão das mãos de Vicente Cândido, conselheiro do clube

Victor Zhao Guical ganhou uma camisa oficial do Timão das mãos de Vicente Cândido, conselheiro do clube

Foto: Divulgação

Após a passagem do atacante Chen Zhizhao no Parque São Jorge, o Corinthians voltou a se envolver com a China – mas não dentro de campo. Nesta semana, o brasileiro Vicente Cândido, conselheiro do clube, se reuniu com o Victor Zhao Guical, presidente do Banco Industrial e Comercial da China (ICBC, na sigla em inglês). Durante o encontro, o executivo chinês teve a honra de receber uma camisa oficial do Timão.

Considerado o maior banco do mundo, o ICBC é parceiro da Caixa Econômica Federal, patrocinador máster do manto corinthiano até fevereiro de 2016. Durante sua passagem em Pequim, capital da China, Cândido discutiu investimentos para o Brasil, já que atua como deputado federal.

“Entre outros assuntos, falamos também sobre a possibilidade de Brasil e China organizarem torneios com atletas dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África)”, revelou o deputado, também diretor de Assuntos Internacionais da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). O presidente chinês ganhou ainda uma camisa autografada da Seleção Brasileira.

Veja Mais:

  • Oposicionista deve oficializar sua candidatura em breve

    Com diretores atuais como vice, Paulo Garcia se lança como candidato à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Romarinho marcou sobre o Real Madrid, na semifinal do Mundial de Clubes de 2017

    Corinthians tira onda no Twitter após gol de Romarinho no Real Madrid

    ver detalhes
  • Novo uniforme branco do Corinthians na temporada 2017/18

    Corinthians e Nike renovam parceria até 2029; clube recebe bolada de luvas

    ver detalhes
  • Parte da dívida é relativa a venda de Felipe ao Porto

    Corinthians tem cerca de R$ 10 milhões a receber de clubes brasileiros e europeus

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes