Tite exalta vitória com aproveitamento da base e cobra maturidade de Marciel

Tite exalta vitória com aproveitamento da base e cobra maturidade de Marciel

Por Meu Timão

Técnico do Timão falou sobre a importância da integração com a base

Técnico do Timão falou sobre a importância da integração com a base

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Na noite desta quarta-feira, a equipe comandada pelo técnico Tite venceu mais uma partida, desta vez contra o Fluminense, por 2 a 0. Em noite de festa na Arena, o novo uniforme do Corinthians foi lançado, homenageando o Terrão. Coincidência ou não, o primeiro gol do jogo foi marcado por um atleta da base Alvinegra: Marciel.

"Os jogadores estão se formando. Os jogos vão formando, as entradas, os amistosos... Para que ele possa atingir esse desempenho, mantenha a regularidade e tenha a naturalidade de encarar os comentários elogiosos. Saiba que amanhã é mais um dia de trabalho, e vai ter cobrança", disse Tite sobre o jovem volante, cobrando maturidade para receber elogios após o primeiro tento marcado como profissional do Timão.

Desde sua promoção à equipe principal, Marciel ainda desceu diversas vezes para jogar pelo time Sub-23 do Corinthians. Por isso, o treinador Alvinegro manteve contato com Osmar Loss, técnico da base. "Sei da integração que a gente tem, esse Marciel a gente precisa, teve a consciência e fez um baita jogo no interior. Osmar diz que jogou muito. Toda essa integração do Corinthians com os profissionais e quem trabalha, serve muito. Carille, Alessandro, Mauro, remete trazer confiança. Perguntaram como orientar o garoto. Não é orientar, é preparar. Falei: 'Tu te preparou, vai jogar'", afirmou.

No total, o clube do Parque São Jorge contou com quatro atletas vindos da base na última noite: Fagner, Guilherme Arana, Marciel e Malcom. Dessa forma, Tite aproveitou para exaltar o trabalho de integração feito pelo Corinthians.

"Não tenho pretensão de responder e me oportunizar por lançar, valorizar, o técnico prepara atletas. Não tenho responsabilidade de estar lançando. Vai vingar 3 ou 4. Meu trabalho é de preparação. Sei o que vou executar e estou preparado para isso. Me deixa feliz porque comecei a jogar com 16 anos e tenho dimensão exata. O Corinthians venceu valorizando a sua base. O Ralf pode não ser formado aqui, mas tem a essência da competição, da base, de sujar o calção, competir. Atleta do Corinthians tem que competir. É característica dos clubes vencedores e de todos os clubes que querem vencer", concluiu.

Veja Mais:

  • Guilherme foi o destaque da atividade coletiva pelo segundo dia consecutivo

    Dupla volta, e Oswaldo vê time titular brilhar em treino do Corinthians; veja a escalação

    ver detalhes
  • Wagner pode reforçar o Corinthians em 2017

    Agente explica situação de Wagner e diz ter acerto contratual com Corinthians

    ver detalhes
  • Jabá sentiu dor na coxa e deixou o treino do Corinthians mais cedo

    Léo Jabá se machuca em treino do Corinthians e deixa campo com dores na coxa

    ver detalhes
  • CT Joaquim Grava ganhou novidades

    Corinthians 'aposenta' decoração do centenário e dá cara nova ao CT Joaquim Grava

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes