Cássio comemora nova marca e fala sobre possibilidade de deixar o Timão

Cássio comemora nova marca e fala sobre possibilidade de deixar o Timão

Por Meu Timão

Cássio está perto de entrar no top 6 dos goleiros que mais vestiram a camisa do Timão

Cássio está perto de entrar no top 6 dos goleiros que mais vestiram a camisa do Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O goleiro Cássio está muito perto de se tornar o sexto jogador da posição com o maior número de partidas da história do Corinthians. Contra o Palmeiras, neste domingo, deve igualar a marca de 192 jogos do goleiro Felipe; na próxima rodada, contra o Grêmio, chega a sexta posição de maneira isolada.

"Cheguei desacreditado ao Corinthians, muita gente duvidava do meu potencial. Era até normal porque eu não estava jogando no clube em que eu estava (PSV, da Holanda), por ter saído muito novo do Brasil. Mas fico feliz por tudo o que passei aqui: os títulos, as vitórias, os momentos bons e ruins. Acho que se for fazer um balanço, é bem positivo. Espero ultrapassar outras marcas", declarou o goleiro, em entrevista exclusiva ao portal GloboEsporte.com.

Com contrato até dezembro de 2018, Cássio tem a sua frente Ado, com 207 jogos, Bino, com 236, Cabeção, com 326, Gilmar, com 395 e, claro, Ronaldo, com 602.

"Tenho mais três anos de contrato, muitos jogos pela frente e espero ajudar. O tempo que vou ficar aqui e as outras marcas vão depender de mim, do meu trabalho e de vitórias. Clube grande vive de títulos e as conquistas ajudam a chegar a números como esse", completou.

O goleiro garante que não pretende deixar o Corinthians, mas não descarta a possibilidade em caso de uma proposta financeira muito vantajosa.

"Estou muito feliz no Corinthians, tenho contrato longo. Tu pode ser vaiado ou criticado. E pode receber uma proposta milionária. Jogador de futebol joga até os 38 ou 39 anos, goleiro um pouquinho mais, mas a questão financeira pesa muito. Quem cuida disso são meus empresários e o Corinthians, mas ninguém me comunicou nada. Acho que foi mais boato. Hoje não tenho o desejo de sair, mas amanhã a gente não sabe o que pode acontecer", finalizou.

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes