Diretor financeiro do Corinthians confirma dívida por jovens da base

Diretor financeiro do Corinthians confirma dívida por jovens da base

Por Meu Timão

Corinthians deve dinheiro por compras de Marciel e Matheus Vargas

Corinthians deve dinheiro por compras de Marciel e Matheus Vargas

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Apesar da valorização dentro de campo, o Corinthians tem falhado no pagamento de algumas pendências com os jogadores das categorias de base. Depois da divulgação de uma dívida com Marciel, o Timão também confirmou uma inadimplência em relação ao meia Matheus Vargas.

O jovem, que tem sido presença frequente no banco de reservas do técnico Tite, chegou ao Corinthians no final do ano passado trazido pelo ex-volante Vampeta. Na ocasião, o Timão acertou cerca de R$ 500 mil por 50% dos seus direitos econômicos, que pertenciam ao Grêmio Osasco. No entanto, o clube não honrou com os pagamentos.

"Esse pagamento está dentro de todo o contexto que temos com empresários. Tivemos problemas, é um fluxo de pagamento e estamos trabalhando nesse fluxo. Assim que tivermos recursos vamos pagando, não tem jeito, está dento de todo o contexto que temos com ele", explicou o diretor financeiro, Emerson Piovesan, em entrevista à "ESPN".

Além de Matheus, o clube também deve cerca de R$ 1 milhão ao Fragata, do Rio Grande do Sul, pela negociação com o volante Marciel - outro que tem se destacado na equipe principal do Corinthians. Piovesan, no entanto, diz que a prioridade do clube não é quitar essas dívidas.

"Quando tivermos recursos vamos pagar todos. Não viabilizamos ainda, está demorando mais do que imaginávamos. E vamos pagar com absoluta e total certeza, isso não há duvida. É um ponto de honra, mas temos prioridades e a primeira delas é a imagem de alguns jogadores, alguns que não estamos em dia e temos que honrar", declarou.

"Vamos acertando aos poucos e vemos o resto depois, quando quitarmos os salários priorizamos. E não é que esses pagamentos (como do Matheus Vargas) não sejam importantes, evidentes que são, mas temos que priorizar algumas coisas. Estamos conversando com todos e acompanhando", finalizou o diretor financeiro.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes