Clássico paulista bateu recorde de audiência do Brasileiro

Clássico paulista bateu recorde de audiência do Brasileiro

Por Meu Timão

Empate com seis gols gerou melhor audiência da Globo e da Band no Brasileiro

Empate com seis gols gerou melhor audiência da Globo e da Band no Brasileiro

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O Corinthians entra em campo contra o Grêmio na noite desta quarta-feira, mas ainda vê informações sobre o clássico contra o Palmeiras repercutir. O empate no domingo passado registrou o recorde de audiência do Campeonato Brasileiro.

A audiência foi alta nos dois canais de televisão aberta que transmitiram a partida. Na Bandeirantes, a partida marcou 6,3 pontos, chegando a sete com a bola rolando. Os números aumentaram a audiência do futebol da emissora em 75%.

A Rede Globo também registrou a maior audiência do campeonato. O clássico rendeu 21,6 pontos, cinco a mais do que no último domingo. É válido lembrar que cada ponto no Ibope equivale a 67.113 domicílios sintonizados em São Paulo, apenas nas regiões metropolitanas, referências para o mercado publicitário.

Além da boa audiência no horário do jogo, o clássico também rendeu boas marcas para a emissora carioca no dia seguinte. Na segunda-feira, o Globo Esporte de São Paulo registrou 15 pontos, número recorde em 2015.

Veja Mais:

  • Corinthians é líder do Brasileirão de forma isolada

    Palmeiras perde em casa, Santos tropeça fora, e Corinthians segue líder isolado do Brasileirão

    ver detalhes
  • Vagner Mancini teria ofendido jornalista da Rádio Bandeirantes

    Vaza suposto áudio de Mancini festejando vitória com ofensa a jornalista: 'Babaca corinthiano'

    ver detalhes
  • Vitória comemorou triunfo sobre o Corinthians nas redes sociais

    Vitória cita jargão corinthiano para comemorar triunfo na Arena

    ver detalhes
  • Titular contra o Vitória, Gabriel se posicionou sobre a derrota em rede social

    'Mais forte do que nunca': jogadores do Corinthians comentam derrota nas redes sociais

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes