Em carta, associados do Fluminense acusam STJD de favorecer o Corinthians

Em carta, associados do Fluminense acusam STJD de favorecer o Corinthians

Por Meu Timão

Dentro de campo, o Corinthians venceu o Fluminense por 2 a 0 na última semana

Dentro de campo, o Corinthians venceu o Fluminense por 2 a 0 na última semana

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Apesar do contexto histórico de ser um clube que se livrou de dois rebaixamentos após viradas de mesa, o maior grupo político do Fluminense tenta fazer pressão justamente contra o STJD, órgão que optou por retirar quatro pontos da Portuguesa em 2013, colocando o clube paulista na Série B e evitando mais um vexame histórico da equipe clube carioca.

Em uma carta aberta intitulada de "O sistema escancara suas preferências", o grupo cita até mesmo um favorecimento da arbitragem ao Corinthians, líder do Campeonato Brasileiro.

"Alguns comentaristas, mesmo de forma constrangida e visivelmente orientados para “não desvalorizar o produto”, tentam caracterizar o problema como “fruto do baixo nível das arbitragens”, como se todos os torcedores fossem meros idiotas e não percebessem que alguns clubes praticamente só possuem erros de arbitragem a seu a favor, como o Corinthians", diz o texto, em seu terceiro parágrafo.

Os cariocas também reclamam da pena recebida de Emerson Sheik, que reclamou durante o intervalo de um jogo do Flamengo “a arbitragem é uma merda”, e pegou apenas um jogo de suspensão. Segundo a publicação, o procurador Paulo Schmitt classificou a pena como “ridícula”.

Um fato curioso é que o mesmo procurador já se contradisse favorecendo o Fluminense em duas ocasiões diferentes. Em 2010, quando a equipe escalou um jogador irregular e sagrou-se campeã do Campeonato Brasileiro, o Schimitt disse que a competição deveria ser resolvida dentro de campo e não cogitou tirar pontos da equipe carioca. Três anos depois, quando o Fluminense já havia sido dado como rebaixado a segunda divisão, Paulo Schimitt articulou o julgamento que retirou os pontos da Lusa e alegando que, se não fizesse isso, seria a falência do STJD.

Cansado de ouvir críticas sobre erros a favor do Timão, o presidente do Corinthians tem se incomodado com comentários de times rivais. Nessa semana, Roberto de Andrade comentou sobre o assunto, em entrevista à Rádio Bandeirantes e fez um pedido a comissão de arbitragem.

Veja Mais:

  • Marlone foi o destaque do treino desta quinta-feira

    Marlone marca, Caíque ganha chance e Oswaldo volta a ensaiar escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • Alessandro é homem de confiança do presidente corinthiano

    Diretor de futebol refuta saída de Alessandro do Corinthians: 'Picuinha'

    ver detalhes
  • Rodriguinho admitiu possível saída do Corinthians

    Rodriguinho cogita saída do Corinthians: 'Vamos sentar e conversar'

    ver detalhes
  • Léo Jabá, marcado por Balbuena a imagem acima, está à disposição de Oswaldo

    Léo Jabá tranquiliza Corinthians após susto e está à disposição para jogo contra Cruzeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes