Estreia do Timão em matinê ajuda média de público 30% maior nos estádios

Estreia do Timão em matinê ajuda média de público 30% maior nos estádios

Por Meu Timão

Quase 42 mil torcedores foram à Arena Corinthians para acompanhar o duelo do Timão contra o Joinville

Quase 42 mil torcedores foram à Arena Corinthians para acompanhar o duelo do Timão contra o Joinville

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Quatro meses após o início do Campeonato Brasileiro, o Corinthians finalmente fez sua estreia em uma partida às 11 horas, novo horário criado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) que tem dividido opiniões. A vitória por 3 a 0 do Timão sobre o Joinville, no último domingo, foi assistida por 41.809 pagantes, maior público da história da equipe na Arena Corinthians.

Com a marca, a média de presença nos jogos de manhã passou a ser de 25.395 torcedores - cerca de 30% maior que a média da competição nacional: 17.525 torcedores por duelo. Além do Timão, os rivais Palmeiras, São Paulo e Santos tiveram seus maiores públicos em confrontos na matinê.

Apesar da aprovação do público, o horário tem ganhado a resistência de jogadores e treinadores. De acordo com o atacante Rildo, do Corinthians, disputar uma partida às 11 horas requer uma rotina diferenciada. “É difícil, principalmente essa parte da alimentação. Na Ponte Preta, já joguei nesse horário. Alguns não conseguiram se alimentar direito e sofreram um pouco”, revelou.

“Eu odeio. Eu sou um cara que gosta de dormir tarde e acordar tarde. Se eu pudesse jogar meia-noite, eu ia gostar. Eu gosto da noite. Então, eu vou sofrer. Sou contra, muito contra isso. Não dá para ter um segundo tempo começando meio-dia”, criticou Renato Augusto, em entrevista à “Folha de S.Paulo”.

Entretanto, o discurso dos atletas vai de encontro ao conhecimento do preparador físico do Corinthians e da Seleção Brasileira, Fábio Mahseredjian. “Na minha visão, não vejo grande problema porque a equipe está acostumada a treinar pela manhã. Nossa equipe sempre treina pelo menos uma vez por semana pela manhã”, defendeu o especialista.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    ver detalhes
  • Furlan apita sexta partida do Corinthians na carreira

    Após polêmica no Dérbi, FPF define trio de arbitragem para próximo jogo do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assegurou que o espaço (acima do número) está livre para ser negociado

    Patrocinador não cumpre acordo e Corinthians já negocia espaço do uniforme

    ver detalhes
  • Jadson deve reestrear pelo Corinthians apenas na próxima quarta-feira

    Corinthians divulga lista de relacionados para pegar Mirassol sem nenhum meia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes