Corinthians confirma e novo atacante já está regularizado no BID

Corinthians confirma e novo atacante já está regularizado no BID

Corinthians oficializou contratação de Lucca, do Criciúma

Corinthians oficializou contratação de Lucca, do Criciúma

Foto: Divulgação

O Corinthians confirmou a contratação do atacante Lucca, do Criciúma, na tarde desta terça-feira. Além do anúncio oficial feito pelo clube, o nome do jogador já apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Conforme antecipado aqui no Meu Timão, o clube correu contra o tempo e conseguiu acertar o negócio ainda nesta terça-feira - último dia para inscrever atletas no Campeonato Brasileiro. Lucca chega ao Corinthians por empréstimo e tem contrato válido até maio do ano que vem.

Na nota que oficializa a chegada de Lucca, o Corinthians aproveitou para agradecer o presidente do Criciúma, Antenor Angeloni, que "auxiliou com ética e profissionalismo para que a contratação de Lucca fosse concretizada".

O clube também elogiou o empenho do Departamento de Registro do Corinthians e da Federação Paulista de Futebol, que ajudou a viabilizar a documentação dos dois novos reforços alvinegros nos últimos dois dias. Tanto Lucca quanto Lincom já foram registrados no BID e estão liberados para atuar no Timão.

Confira o registro de Lucca no BID

Veja Mais:

  • Uniformes que serão usados na temporada 2017

    Em dia de São Jorge, Corinthians anuncia novos uniformes oficiais

    ver detalhes
  • Dono de um gol e uma assistência no jogo de ida, Rodriguinho completa 100 partidas pelo Timão

    Com casa cheia, Corinthians decide vaga na final do Paulistão contra São Paulo

    ver detalhes
  • Prestes a completar 100 jogos, Rodriguinho se declara ao Corinthians

    Prestes a completar 100 jogos, Rodriguinho se declara ao Corinthians

    ver detalhes
  • Rapper americano fanático pelo Corinthians visita o CT e vira 'brother' de Kazim

    [Marco Bello] Rapper americano fanático pelo Corinthians visita o CT e vira 'brother' de Kazim

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes