Ídolo no Timão, Edílson Capetinha completa 44 anos nesta quinta-feira

Ídolo no Timão, Edílson Capetinha completa 44 anos nesta quinta-feira

Por Meu Timão

1.4 mil visualizações 45 comentários Comunicar erro

Edilson Capetinha esteve no Timão entre 1997 e 2000

Edilson Capetinha esteve no Timão entre 1997 e 2000

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Nesta quinta-feira, o ex-atacante Edilson Capetinha completa 44 anos. Importantíssimo no Corinthians entre 1997 e 2000, conquistou o Campeonato Brasileiro em 1998 e 1999, o Paulista em 1999 e o Mundial em 2000 com o clube.

Pela data, inclusive, a Fifa lembrou do jogador em seu site oficial. Parabenizando alguns jogadores importantes que fazem aniversário nesta semana, o site da entidade máxima do futebol mundial não esqueceu de Edilson - ressaltando sua participação na Seleção Brasileira, além dos títulos com o Corinthians.

No Timão, Edilson fez 164 jogos e marcou 55 gols. Nesse período, a cena eternizada na memória da Fiel foi quando o Capetinha - na final do Campeonato Paulista de 1999, na partida contra o Palmeiras -, fez embaixadinhas em campo, aos 31 minutos do segundo tempo, quando o placar marcava 2 a 2.

A provocação consagrou o jogador com a torcida corinthiana. Mas, além deste, outro momento também foi marcante. No Mundial de Clubes da Fifa - em jogo disputado no Morumbi, contra o Real Madrid -, o camisa 10 colocou a bola entre as pernas do zagueiro Karembeu, marcando um lindo gol, que entrou para a história do Timão.

Veja Mais:

  • Timão levou gol bizarro em Campinas e só empatou com Red Bull

    Defesa bate cabeça, e Corinthians tropeça diante do Red Bull em noite de gols contra

    ver detalhes
  • Renê Júnior (à dir.) fez sua estreia como titular e deixou boa impressão

    'Salva' de tropeço, dupla corinthiana empata na escolha do craque da partida

    ver detalhes
  • Atuação de Romão em derrota para Ponte Preta preocupou comissão técnica

    Após contratar Juninho, Corinthians busca novo lateral-esquerdo no mercado; Carille explica

    ver detalhes
  • Autora da obra, Katia Bagnarelli é viúva do eterno Doutor

    História de Sócrates é celebrada em lançamento de autobiografia nesta segunda-feira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes