Tite cita desgaste em jogos e pede carinho da torcida para Malcom

Tite cita desgaste em jogos e pede carinho da torcida para Malcom

Por Meu Timão

Após o apito final do clássico, Tite analisou a vitória de sua equipe e viu merecimento no placar

Após o apito final do clássico, Tite analisou a vitória de sua equipe e viu merecimento no placar

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O técnico Tite aprovou o futebol praticado por sua equipe no clássico contra o Santos, neste domingo, na Arena Corinthians. Apesar dos desfalques e do forte calor às 11h, o Timão derrotou o rival paulista por 2 a 0 e conquistou três pontos decisivos para o restante da temporada. Um jogador, em especial, foi protegido pelo comandante após o apito final.

“Eu quero agradecer porque um grande número deles aplaudiu e eu incentivei outros a aplaudirem. Eu me arrepiei. Essa é uma característica que trás o atleta de volta. O Malcom tem 18 anos, tenham compreensão e carinho com ele. Pode acontecer de ele tomar uma decisão errada, mas ter o apoio é fundamental. O torcedor entendeu isso, alguns não, mas grande parte dele”, afirmou Tite, em entrevista coletiva.

A declaração de Tite diz respeito às críticas de parte da torcida corinthiana sobre o atacante Malcom, cria das divisões de base do Parque São Jorge. Titular no clássico, o jovem criou algumas jogadas de perigo pelo setor esquerdo, mas desperdiçou um belo lançamento no segundo tempo da partida. Estreante, Lucca substituiu o garoto e participou dos dois gols do Timão.

“Quero enaltecer o quanto a equipe jogou. Saí do intervalo falando que jogamos muito. Com 32°C manter a intensidade, com e sem a bola, 17 finalizações, com a maior figura adversária sendo o goleiro. Não tem euforia, nada, mas a realidade de um grade jogo, jogo de pico de performance. Vindo de derrota, com atleta improvisado na lateral, manter o nível”, acrescentou.

Com a vitória, o Corinthians chegou a 57 pontos no Brasileirão e torce por um revés do Atlético-MG, segundo colocado, diante do Flamengo – os dois se enfrentam logo mais, às 16h, no estádio Independência. Questionado sobre as chances de conquistar o hexacampeonato, Tite foi claro e preferiu comentar sobre o trabalho dentro das quatro linhas.

“Temos consciência do nosso trabalho. O presidente me mandou uma frase do Tiger Woods que ele diz que começou a ter sorte depois que começou a treinar 10 horas por dia. Fomos disciplinados, com um cartão. Sei o quanto esses atletas têm se dedicado. Isso é significativo pra mim”, revelou.

Além dos três pontos. O Timão pôs fim a um jejum de nove clássicos sem vitórias – o último resultado positivo até então havia ocorrido contra o São Paulo, em março. “Eu me permito fazer minha interpretação. Início de ano, Campeonato Paulista, na sequência até agora, Corinthians e Santos mantiveram maior nível no nível técnico fomos nós e Santos. Eles foram campeões paulistas, nós fomos eliminados invictos, tendo grande performance. Buscamos hegemonia em um grande futebol”, finalizou.

Veja Mais:

  • Centroavante Jô, 'Rei dos Clássicos', voltou a deixar o dele neste domingo

    Corinthians despacha São Paulo e vai à final do Paulistão contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Jô foi eleito o melhor em campo no clássico deste domingo

    Jô, Pablo e Jadson brigam pela melhor avaliação nas notas da torcida

    ver detalhes
  • Sem ser relacionado há seis partidas no Timão, Guilherme tem acerto encaminhado com o Atlético-PR

    Presidente confirma: Corinthians encaminha empréstimo do meia Guilherme

    ver detalhes
  • Carille tem oito titulares pendurados para primeira final contra a Ponte

    Oito dos dez titulares de linha do Corinthians entram pendurados na decisão do Paulista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes