Diretor do Criciúma usa Corinthians como exemplo e ataca Aidar, do São Paulo

Diretor do Criciúma usa Corinthians como exemplo e ataca Aidar, do São Paulo

Por Meu Timão

60 mil visualizações 184 comentários Comunicar erro

Vindo do Criciúma, Lucca já estreou pelo Corinthians

Vindo do Criciúma, Lucca já estreou pelo Corinthians

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

No dia 15 de setembro, o Corinthians anunciou a contratação do atacante Lucca, do Criciúma. A transferência, que aconteceu no limite das inscrições de novos jogadores no Campeonato Brasileiro, sucedeu de forma rápida e eficiente, o que rendeu até mesmo um agradecimento oficial do Timão a Antenor Angeloni, presidente do clube de origem do jogador.

Novamente, a ética do acordo foi elogiada, mas desta vez, em detrimento de outra situação. O diretor comercial do Criciúma, Claudio Gomes, utilizou o Corinhians como exemplo positivo para criticar Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo, que tenta contratar o zagueiro Iago Maidana.

"O São Paulo poderia ter nos procurado. Faríamos parceria, como fizemos com o Corinthians. O Corinthians não pagou absolutamente nada pelo empréstimo do Lucca. Você acha que eu não queria um atleta meu no São Paulo, com a visibilidade que tem o São Paulo? A diretoria do Corinthians teve um procedimento ético, com relação de clube para clube", afirmou Claudio Gomes, em entrevista ao GloboEsporte.com.

Na ocasião, o clube do Morumbi se envolveu em uma negociação "suja". Diferentemente do caso de Lucca no Corinthians, Iago, antes pertencente ao Criciúma, teve o contrato rescindido e ficou vinculado dois dias ao Monte Cristo - clube da terceira divisão goiana - por um intermediário. Em seguida, foi vendido ao São Paulo por R$ 2 milhões, criando impasses em relação aos valores repassados. Por isso, todos os envolvidos deverão prestar depoimento na CBF.

Veja Mais:

  • Estudioso, Loss começa sua trajetória como treinador do Corinthians nesta quinta-feira

    Títulos na base e evolução como auxiliar: conheça Osmar Loss, o novo técnico do Corinthians

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez exaltou força da estrutura montada no Corinthians há dez anos

    Andrés Sanchez manda recado à Fiel após saída de Carille: 'Vamos comprovar nossa estrutura'

    ver detalhes
  • Carlos Alberto Silva, em 1991, o último a trocar o Corinthians por outro clube

    Corinthians não perdia treinador para outro clube há 27 anos; dezenas trabalharam desde então

    ver detalhes
  • Fábio Carille exibe a taça de heptacampeão brasileiro; treinador seguirá carreira na Ásia

    Fábio Carille deixa Corinthians e acerta com Al-Wehda, da Arábia Saudita

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes