Corinthians bate equatorianas e fatura título sul-americano de basquete feminino

Corinthians bate equatorianas e fatura título sul-americano de basquete feminino

Por Meu Timão

1.8 mil visualizações 44 comentários Comunicar erro

O final de semana não poderia ser melhor para as categorias profissionais do Corinthians. Além das vitórias na LPF (Liga Paulista de Futsal) e no Campeonato Brasileiro, o Timão se sagrou campeão da Liga Sul-Americana feminina de Clubes. Neste domingo, a equipe alvinegra derrotou o Universidad Tecnológica Equinoccial, do Equador, por 70 a 60, resultado que garantiu o troféu da competição continental.

No último sábado, as meninas do Corinthians não tomaram conhecimento do New Crusaders, do Chile, e avançaram à final do torneio após vencerem por 78 a 58 no ginásio Irene Velásquez, em Puente Alto, região próxima a Santiago.

O título é conquistado há menos de um mês da apresentação da equipe para a temporada 2015/2016. No dia 11 de setembro, o Timão mostrou o elenco completo para a Liga Sul-Americana, além de inaugurar o “novo” ginásio do Centro Cívico, com uma estrutura mais moderna - antigamente, por causa de outro patrocinador, o local era decorado na cor verde. Por motivos óbvios, tudo foi pintado de preto e branco.

Confira a publicação do Corinthians no Instagram

Veja Mais:

  • Sidcley marcou o segundo gol do Corinthians (e deu assistência para o primeiro)

    'Sidriguinho' dá show, Corinthians goleia Paraná em Curitiba e assume liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Clube lançou campanha contra o preconceito com o futebol feminino

    Corinthians Feminino estampa frases machistas na camisa em ação por patrocínios; entenda

    ver detalhes
  • Mulherada do Corinthians venceu mais uma no Paulistão Feminino

    Grazi faz quatro, Corinthians goleia Juventus e segue 100% no Paulista Feminino

    ver detalhes
  • Sidcley teve atuação aprovadíssima pela Fiel

    Sidcley e mais três beiram nota máxima da Fiel após goleada do Corinthians em Curitiba

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes