Salário de Tevez não seria problema para 2016, afirma diretor do Corinthians

Salário de Tevez não seria problema para 2016, afirma diretor do Corinthians

Por Meu Timão

Tevez pode retornar ao Corinthians em 2016

Tevez pode retornar ao Corinthians em 2016

Foto: Placar / Renato Pizzutto

Sonho antigo do Corinthians, pelo menos do ponto de vista financeiro, a volta de Tevez, atualmente no Boca Juniors, da Argentina, ao Timão não seria complicada. O nome do jogador tem sido especulado no clube como um reforço para a Libertadores do ano que vem, mas ainda é tratado com descrença pelos torcedores alvinegros.

Porém, para 2016 o sonho não é assim tão impossível. Se em 2015 o torcedor viu o Corinthians abrir mão de medalhões para acertar o passo nas finanças, 2016 é mais promissor. Com as contas acertadas o Timão pode trazer um nome forte, e para Emerson Piovesan, diretor financeiro do clube, esse nome poderia ser o argentino.

"Hoje não temos condição de comprá-lo. No ano que vem, o Tevez é viável" afirmou Piovesan, em entrevista ao Blog do Jorge Nicola.

Como o Boca Juniors deve dinheiro ao Corinthians - aproximadamente R$ 12 milhões, referentes às compras de Nicolás Lodeiro e Juan Martínez -, tirá-lo do clube argentino não seria o grande problema.

Além disso, um possível título pode trazer mais dinheiro para os cofres corinthianos. Resta descobrir se há interesse do jogador na transferência, cujo impasse maior caracteriza-se pelo salário do argentino, que é pago em dólares.

"O grande problema seria acertar um salário com o Tevez, que ganha em dólar. E o dólar não para de subir", explicou o dirigente. Atualmente, no Boca Juniors, Tevez recebe cerca de 200 mil dólares, ou seja, quase R$ 800 mil, na cotação presente.

Assim que saiu do Timão, em 2006, o atacante passou pelo West Ham United, Manchester United e Manchester City, até chegar à Juventus, onde permaneceu por dois anos antes de acertar sua volta à Argentina. Desde quando deixou o Corinthians, onde fez 78 jogos e marcou 46 gols, os torcedores alvinegros sonham com sua volta. Desta vez, passados quase dez anos, ela parece mais próxima.

Veja Mais:

  • Jô falou com a imprensa nesta terça-feira já na Argentina

    Jô admite toque no braço, nega trapaça e abre o jogo sobre polêmica no Corinthians

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez fez fortes declarações sobre polêmicas envolvendo o Timão

    Em vídeos, Sanchez critica CBF, rebate Eurico e fala sobre polêmica: 'Maior time da América Latina'

    ver detalhes
  • Romero conversou com a imprensa estrangeira no aeroporto da Argentina

    Com assédio a Romero e Cássio, delegação do Corinthians desembarca em Buenos Aires

    ver detalhes
  • Jô demonstrou desconforto durante viagem à Argentina

    Após polêmica, Jô demonstra forte abatimento; veja relato da viagem do Corinthians à Argentina

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes