Corinthiano desde criança, Malcom relembra juvenil e encontro com ídolos no Timão

Corinthiano desde criança, Malcom relembra juvenil e encontro com ídolos no Timão

Por Meu Timão

Revelado no terrão, Malcom se tornou titular sob o comando do técnico Tite em 2015

Revelado no terrão, Malcom se tornou titular sob o comando do técnico Tite em 2015

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Formado nas divisões de base do Timão, o atacante Malcom já tem a dimensão da influência que pode exercer sobre os corinthianos mais jovens. Nesta segunda-feira, ao prestigiar a Festa de Dia das Crianças do clube, o jogador de 18 anos relembrou o passado no Parque São Jorge e admitiu: ele também já esteve no lado do torcedor.

“Eu via ídolos aqui no Parque São Jorge, quando treinava na base. Acabava o treino e ia de chuteira e tudo. Via Ronaldo, Roberto Carlos. Ficava tremendo, gritava, pedia foto. Ficava num suadouro, minha mãe gritava, pedia foto. A gente sempre foi bem recebido pelos jogadores e é isso que eu procuro fazer”, afirmou o corinthiano, em entrevista ao programa “Seleção SporTV”.

Ainda no início de sua carreira, Malcom figura entre os principais atacantes do Corinthians, atual líder do Campeonato Brasileiro. “É um privilégio muito grande estar participando dessa festa. Depois do jogo, o pessoal da assessoria me chamou para participar. É bom estar aqui ajudando e saber que meu trabalho vem sendo reconhecido”, acrescentou.

Após o empate em 2 a 2 com a Ponte Preta, no último domingo, o Timão permanecerá sem compromissos oficiais até o dia 15, data do duelo diante do Goiás, na Arena Corinthians. Para Malcom, o intervalo sem jogos será fundamental para a recuperação física dos atletas, mesmo sem Renato Augusto, Elias e Gil – o trio está integrado à Seleção para o início das Eliminatórias da Copa do Mundo.

“Os treinos são de extrema importância. Vamos procurar trabalhar, já ficamos sem eles outras vezes, às vezes por lesão, pela Seleção. E o Corinthians não mudou. O Tite fez com que, entra peça e sai peça, o Corinthians continua o mesmo. Vamos procurar trabalhar para que dê tudo certo”, ponderou.

Em 29 partidas pelo Brasileirão, o Corinthians venceu 18, perdeu quatro e empatou sete, aproveitamento superior a 70%. Por isso, o atacante descarta pensar no segundo colocado Atlético-MG, que conquistou três pontos na rodada e diminuiu a diferença para o Timão. “A gente procura fazer nosso trabalho, pensar jogo a jogo, treino a treino, passo a passo. Vamos pensar só na gente, como fazemos até agora, que vai dar tudo certo para a gente”, completou.

Veja Mais:

  • Giovanni Augusto treinou como lateral nesta terça-feira

    Giovanni na lateral, mudança na zaga e susto de Rildo: o treino desta terça do Corinthians

    ver detalhes
  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Terceiras camisas de Corinthians e Boca Juniors chamam atenção pela semelhança entre si

    Corinthians 'inspira' Boca Juniors, e time argentino lança camisa quase igual

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes