Corinthians ainda aguarda pagamento por calote em jogo de 2014

Corinthians ainda aguarda pagamento por calote em jogo de 2014

Por Meu Timão

Corinthians segue sem receber pagamento por jogo de quase um ano atrás

Corinthians segue sem receber pagamento por jogo de quase um ano atrás

Foto: Daniel Augusto Jr.

O Corinthians ainda não recebeu o pagamento de mais de R$ 1 milhão de reais pela venda do mando de campo do jogo contra o Vitória, do Brasileiro do ano passado, na Arena Pantanal. A partida aconteceu no dia 22 de outubro, ou seja, há quase um ano.

O Timão entrou na Justiça, em março deste ano, contra a empresa Xaxá Produções, representada pelo empresário Fabiano Rodrigues, que comprou a organização da partida. Segundo o portal ESPN.com.br, o clube ainda aguarda o pagamento.

O processo, no entanto, sete meses depois, ainda não teve andamento. Segundo publicação, em junho, foi emitida uma carta precatória, dando três dias para a Xaxá Produções quitar a dívida. Como tem sede em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, a carta ainda não retornou do seu destino e, por isso, a empresa, não foi citada.

A Xaxá Produções comprou o jogo por R$ 1 milhão, dividido em quatro parcelas de R$ 250 mil - somente a primeira foi paga, restando R$ 750 mil. Com a multa e juros, a quantia, hoje, já passou do R$ 1 milhão.

É importante ressaltar que esse dinheiro, por contrato, será destinado por completo ao fundo da Arena Corinthians, assim como a bilheteria de todos os jogos do Timão como mandante.

O calote da empresa se deve ao fraco público do dia do jogo. Na ocasião, apenas pouco mais de 6 mil pagantes acompanharam o jogo, rendendo R$ 478,5 mil - menos da metade do valor acordado. O mesmo aconteceu na partida de estreia do Timão no Campeonato Brasileiro deste ano, contra o Cruzeiro. Com pouco mais de 12 mil pessoas presentes, a empresa Roni7 levou prejuízo com a partida, que gerou renda de R$ 860 mil - o valor pago ao time mineiro também foi de R$ 1 milhão.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes