Corinthians fecha acordo por mais dinheiro em mecanismo de solidariedade da FIFA

23 mil visualizações 46 comentários

Por Meu Timão

Coordenador da base, Alessandro (à direita) acredita que a plataforma permite uma maior captação de jovens talentos

Coordenador da base, Alessandro (à direita) acredita que a plataforma permite uma maior captação de jovens talentos

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

A diretoria do Corinthians ganhou uma nova ferramenta para aumentar sua arrecadação. Atento às movimentações do mercado de transferências, o Timão fechou acordo com a plataforma Rede do Futebol, especializada no tratamento de informações sobre atletas do futebol brasileiro e do exterior. A informação é do portal UOL Esporte.

Através do sistema, o CIFUT (Centro de Inteligência no Futebol) terá a possibilidade de analisar as negociações de atletas ao redor do mundo, obtendo potenciais rendas extras perante a lei do mecanismo de solidariedade da FIFA – segundo o regulamento da entidade, “se um profissional se transfere durante o curso de seu contrato, 5% do montante deve ser deduzido, por seu novo clube, a todos aqueles envolvidos no treinamento e educação do atleta ao longo dos anos situados entre o 12º e 23º aniversários.”

Por meio da plataforma, o Corinthians poderá identificar a transferência de qualquer jogador com passagem pelas divisões de base do clube. Atualmente, a tecnologia contempla o cadastro completo de 300 mil atletas. Além do Timão, três equipes da Série A do Campeonato Brasileiro também utilizam o programa: Atlético-PR, Coritiba e Grêmio.

Recentemente, a cúpula alvinegra embolsou R$ 420 mil com a venda do ídolo Paulinho, ex- Tottenham (ING), ao Guangzhou Evergrande (CHI) – o valor é proporcional ao período do volante no Parque São Jorge, de 27 de abril de 2010 até 15 de julho de 2013. Além do ex-camisa 8, o Timão já lucrou com as transferências de Everton Ribeiro.

Para Alessandro, ex-jogador e atual coordenador das categorias de base, a plataforma ainda permite maior captação de jovens promessas. “O departamento amador paga um valor para a utilização da ferramenta com a finalidade de ter informação de alguns atletas. É uma questão bem técnica”, explicou.

Veja Mais:

  • Zagueiro Bruno Méndez está há mais de um ano no Corinthians

    Fifa de olho: Corinthians tem até julho para pagar Wanderers; promessa é quitar nos próximos dias

    ver detalhes
  • Guerrero anotou o único tento da finalíssima do Mundial de Clubes de 2012

    Torcida do Corinthians lota publicação do Chelsea com ironias após lembrança de 2012

    ver detalhes
  • Como a torcida do Corinthians se divide por Léo Natel

    [Julia Raya] Como a torcida do Corinthians se divide por Léo Natel

    ver detalhes
  • Por que esses são os corinthianos mais odiados por Palmeiras, São Paulo e Santos?

    VÍDEO: Por que esses são os corinthianos mais odiados por Palmeiras, São Paulo e Santos?

    ver detalhes
  • Seguidos por milhões, por que nossos ídolos se calam?

    [Lucas Faraldo] Seguidos por milhões, por que nossos ídolos se calam?

    ver detalhes
  • Antes da pandemia do novo coronavírus, clube fechou 2019 com déficit de R$ 177 milhões

    Corinthians e outros clube devem ter 'dificuldades de entrar em campo' em 2021, alerta economista

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: