Câmara de São Paulo dá primeiro passo para liberação de cerveja em estádios

2.2 mil visualizações 39 comentários

Por Meu Timão

Proibição da venda de cerveja aumenta filas e ambulantes no entorno da Arena

Proibição da venda de cerveja aumenta filas e ambulantes no entorno da Arena

Meu Timão

Para evitar possíveis brigas e tumultos dentro dos estádios, a venda de bebidas alcóolicas durante as partidas de futebol não é liberada pela prefeitura. Porém, o Projeto de Lei 62/2015 está em votação na Câmara Municipal de São Paulo para mudar esse cenário.

Os vereadores votaram à favor do pedido que regulamenta a venda dentro dos estádios. Depois do procedimento, o PL ainda precisará ser submetido à segunda votação e à sanção do prefeito Fernando Haddad.

O maior empecilho para a liberação se dá sob o aspecto da segurança: há medo de que o acesso ao álcool dentro dos estádios aumente a violência e a incidência de brigas entre as torcidas. A proibição, no entanto, não leva em conta que - a despeito de regulamentação - há consumo de outras drogas ilícitas, de mais fácil entrada, dentro das arenas.

A medida pode significar um aumento de receita para os clubes: em Minas Gerais e no Rio de Janeiro, onde já houve a liberação, cerca de 355 ml de cerveja são vendidos a R$ 6. A medida também pode acabar com a venda de bebidas realizada por ambulantes nos entornos.

No caso da Arena, o consumo de bebida fora do estádio tem virado um problema no acesso. Muitos dos torcedores aguardam do lado de fora, e esperam até o último minuto para entrar nas dependências do estádio. O movimento acarreta filas e faz com que a partida se inicie com o estádio parcialmente vazio.

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x