Câmara de São Paulo dá primeiro passo para liberação de cerveja em estádios

Câmara de São Paulo dá primeiro passo para liberação de cerveja em estádios

Por Meu Timão

Proibição da venda de cerveja aumenta filas e ambulantes no entorno da Arena

Proibição da venda de cerveja aumenta filas e ambulantes no entorno da Arena

Foto: Meu Timão

Para evitar possíveis brigas e tumultos dentro dos estádios, a venda de bebidas alcóolicas durante as partidas de futebol não é liberada pela prefeitura. Porém, o Projeto de Lei 62/2015 está em votação na Câmara Municipal de São Paulo para mudar esse cenário.

Os vereadores votaram à favor do pedido que regulamenta a venda dentro dos estádios. Depois do procedimento, o PL ainda precisará ser submetido à segunda votação e à sanção do prefeito Fernando Haddad.

O maior empecilho para a liberação se dá sob o aspecto da segurança: há medo de que o acesso ao álcool dentro dos estádios aumente a violência e a incidência de brigas entre as torcidas. A proibição, no entanto, não leva em conta que - a despeito de regulamentação - há consumo de outras drogas ilícitas, de mais fácil entrada, dentro das arenas.

A medida pode significar um aumento de receita para os clubes: em Minas Gerais e no Rio de Janeiro, onde já houve a liberação, cerca de 355 ml de cerveja são vendidos a R$ 6. A medida também pode acabar com a venda de bebidas realizada por ambulantes nos entornos.

No caso da Arena, o consumo de bebida fora do estádio tem virado um problema no acesso. Muitos dos torcedores aguardam do lado de fora, e esperam até o último minuto para entrar nas dependências do estádio. O movimento acarreta filas e faz com que a partida se inicie com o estádio parcialmente vazio.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes