Liderando 'nova base' no Timão, Alessandro fala sobre processo de revelação de atletas

Liderando 'nova base' no Timão, Alessandro fala sobre processo de revelação de atletas

Alessandro é um dos responsáveis por nova fase das categorias de base do Corinthians

Alessandro é um dos responsáveis por nova fase das categorias de base do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Depois de cerca de cinco meses do anúncio oficial da mudança de postura com as categorias de base do Corinthians, o clube começa a colher frutos na equipe profissional. Com a maior integração, atualmente, são 13 jogadores formados nas categorias de base do Timão que estão na equipe principal sob o comando do técnico Tite. Um dos responsáveis por isso, o coordenador técnico de futebol, o ex-lateral Alessandro, explicou quais foram as mudanças e como o processo de revelar jogadores tem sido feito no Timão.

"O diretor do departamento (José Onofre) tem me dado total respaldo, confiança e autonomia para a gente tomar as decisões em conjunto. São vários profissionais envolvidos para que esse processo todo de departamento amador aconteça de uma maneira natural. Não queremos acelerar nenhum processo, colocar nenhum atleta que não tenha condições de vestir a camisa do Corinthians", ressaltou Alessandro, em entrevista exclusiva ao MEU TIMÃO.

"Pelo contrário, a gente só quer dar um pouquinho mais de respaldo, mais confiança para esse atleta. Mostrar para ele que ele realmente tem qualidade e capacidade para, daqui a pouco, estar ajudando o nosso treinador Tite na equipe de cima", completou.

Ex-lateral do Timão, Alessandro explica que todo o processo é acompanhado tanto pelo departamento de base quanto o profissional - até mesmo o presidente se envolve no dia a dia para garantir que tudo seja feito no seu tempo correto.

"A ajuda é de todos, do presidente (Roberto de Andrade), do Eduardo Ferreira, do superintendente (Andrés Sanchez), do Edu Gaspar. Enfim, são muitas pessoas envolvidas, trabalhando todos os dias para que as coisas possam naturalmente, no seu devido momento, acontecer de uma maneira saudável. Não queremos antecipar nenhuma situação até porque são atletas em formação, para que a gente possa não ter nenhum prejuízo técnico. O maior cuidado que temos é a parte técnica, para que quando eles venham a ter essa oportunidade profissional, eles possam ter total confiança da gente em cima do potencial deles"

Apesar de toda a dedicação para deixar os garotos prontos, o clube sofre com um problema. A distância do Centro de Treinamento Joaquim Grava para o Parque São Jorge, local de trabalho dos jovens das categorias de base. Alessandro garante que isso não atrapalha diretamente no processo de revelação de jogadores, mas, que, claramente, o processo será melhor quando o centro de treinamento da base estiver pronto.

"A falta de estrutura e o fato de não ter um centro de treinamento pronto, não tem sido um empecilho pra revelar, pra ter bons atletas aqui. O pessoal do departamento vem trabalhando muito, vem correndo bastante, mas é claro que com o centro de treinamento pronto facilita muito, porque vai te trazer bastante qualidade no trabalho. Você tem estrutura, você tem mais tempo, mais proximidade, mais relação com os profissionais no dia a dia, uma maior visualização do que cada atleta estará fazendo, comissões técnicas... Enfim, a integração passa a ser total, que é o desejo do Corinthians hoje", explicou Alessandro.

"Para que ela seja completa, você tem que ter todas as instalações e estruturas prontas. Mas não tem sido um problema nesse momento para que possamos nos escorar na falta de estrutura, de não revelar. Pelo contrário, o pessoal vem trabalhando fortemente para que, mesmo não tendo a estrutura necessária, a gente consiga bons resultados", finalizou o ex-lateral.

Veja Mais:

  • Marciel e Jô despertam interesse de times brasileiro e alemão; Juninho, Scarpa e Tréllez podem chegar

    Mercado agitado! Veja quem pode deixar e reforçar o Corinthians no resumão do Meu Timão

    ver detalhes
  • Marcelo Hermes deve ser emprestado pelo Benfica em 2018; Corinthians de olho

    Protegido por R$ 175 milhões, lateral do Benfica é oferecido ao Corinthians para 2018

    ver detalhes
  • Guilherme Siqueira foi contratado pelo Atlético de Madrid em 2014

    Ex-Atlético de Madrid, lateral ítalo-brasileiro é sondado pelo Corinthians

    ver detalhes
  • O diário da invasão -  Cinco anos de um feito histórico

    [Rafael Castilho] O diário da invasão - Cinco anos de um feito histórico

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes