Petros relembra pior e melhor momento que viveu no Corinthians

Petros relembra pior e melhor momento que viveu no Corinthians

Por Meu Timão

Petros falou sobre a comemoração do seu primeiro gol

Petros falou sobre a comemoração do seu primeiro gol

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Apesar de ter ficado pouco mais de um ano no Corinthians, Petros é bem lembrado pelo torcedor alvinegro. Porém, um episódio em especial marcou sua passagem pelo Timão. No clássico contra o Santos, válido pelo Campeonato Brasileiro de 2014, o meia sofreu um choque com o árbitro Raphael Claus. Julgado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), inicialmente, o jogador foi punido com 180 dias de suspensão, mas posteriormente o período foi reduzido à três jogos.

Atualmente no Betis, da Espanha, o ex-Timão relembrou o acontecido e revelou que teve uma conversa com o juiz.

"Isso foi triste, porque é muito ruim estar ligado a coisas ruins. Mas fui punido e cumpri minha pena. Inclusive tive contato, conversei com o Rafael e pedi desculpas. Eu cometi um erro e tive a humildade de pedir desculpas a ele. O Rafael foi tranquilo na conversa, é uma pessoa muito bacana e pedi desculpa. Era o que me restava", contou Petros, em entrevista ao ESPN.com.br.

"Foi uma situação complicada, mas com trabalho superei tudo isso. Tenham certeza que jamais se repetirá. Agora, é bola pra frente", acrescentou.

Outro momento marcante, desta vez agradável, foi seu primeiro gol vestindo a camisa do Corinthians. Contra o Palmeiras, também pelo Brasileirão do último ano, o meia balançou as redes adversárias, garantindo a vitória do Timão por 2 a 0.

"Tive números espetaculares e fiz um grande ano em 2014. Sou muito grato por todas as oportunidades que recebi por lá, sempre fui feliz. Eu fiz o primeiro gol em um gol logo no derby e fiz uma comemoração que sempre sonhei, tirando o chapéu para a torcida do Corinthians", relembrou.

"Foi meu primeiro clássico na Arena, com lotação máxima e o primeiro jogo contra o grande rival. Fiz uma grande partida e ainda deixei um gol. É difícil até explicar com palavras como foi o momento. Rolou um filme na minha cabeça de tudo que tinha passado na minha até aquele dia, toda a minha luta. Foi uma das poucas vezes que senti uma emoção tão grande na minha vida", finalizou Petros, enaltecendo sua passagem pelo Timão.

Veja Mais:

  • Vidotto, Léo Príncipe, Bastos e Giovanni: quarteto não está nos planos em 2018

    Vetados do Paulistão e 'encostados': os nove jogadores que não devem ficar no Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim destoou em goleada corinthiana sobre São Caetano; Neto 'pediu cabeça' do atacante

    Com até cutucada em Tite, Neto detona manutenção de Kazim como titular do Corinthians

    ver detalhes
  • Cristian recebeu homenagem do Corinthians no vestiário da Arena ao atingir 100 jogos pelo clube

    Sem clube, Cristian se despede do Corinthians: 'Sempre vou levar no coração'

    ver detalhes
  • Vital treinou como titular em primeiro esboço para quarta-feira

    Piscina para titulares e esboço com Vital para quarta: veja como foi a reapresentação do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes