Ídolo como jogador, Neto se orgulha por carinho de torcedores

Ídolo como jogador, Neto se orgulha por carinho de torcedores

Por Meu Timão

Neto creditou sua fama ao Corinthians

Neto creditou sua fama ao Corinthians

Foto: Reprodução

Apesar de ter passado pelos quatro maiores clubes do estado de São Paulo, foi no Corinthians que Neto chegou ao ápice de sua carreira. Foram necessários cinco anos - divididos em duas passagens, entre 1989 e 1993, e 1996 e 1997 - para o meio-campista tornar-se ídolo no Timão.

Atualmente, apesar de ser apresentador e comentarista da Rede Bandeirantes, Neto cita o Corinthians como o real motivo de sua fama no meio esportivo.

"Eu não sou famoso só por causa da televisão, eu sou famoso porque sou ex-jogador de futebol e sou ídolo do Corinthians", afirmou o ex-jogador, em entrevista à Revista Trip.

Marcante na história alvinegra, Neto é constantemente lembrado pelos torcedores corinthianos. Durante a gravação da entrevista, inclusive, o apresentador revelou que havia se emocionado com um torcedor naquele mesmo dia.

"Hoje eu ganhei o dia. Saí de casa, aí tinha um senhor que falou umas coisas muito bonitas para mim, logo de manhã. Sabe quando você já começa o dia assim: 'Tem gente que gosta de mim'. Porque é duro você acordar de manhã e o cara falar 'Pô, você não comenta nada, você só fala do Corinthians'", contou, orgulhoso.

Veja Mais:

  • Torcedora perderá o primeiro após 93 jogos

    Horário faz torcedora perder primeiro jogo na Arena Corinthians desde 2014: 'Frustrante'

    ver detalhes
  • Fausto Bittar Filho era diretor da base da Corinthians

    Ex-diretor da base fala ao Meu Timão: 'Só peço que não retroceda o que estava sendo feito'

    ver detalhes
  • Jogador descartou qualquer tipo de negociação com o Corinthians

    Tardelli abre o jogo sobre retorno ao Brasil e avalia sondagem do Corinthians

    ver detalhes
  • Pedrinho é a grande novidade entre os titulares

    Apostando na força da base, Corinthians recebe o Red Bull Brasil na Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes