Briga entre franqueadas e Corinthians vai parar no Ministério Público

Briga entre franqueadas e Corinthians vai parar no Ministério Público

Ministério Público vai investigar contrato entre Corinthians, SPR Sports e franqueadas da Poderoso Timão

Ministério Público vai investigar contrato entre Corinthians, SPR Sports e franqueadas da Poderoso Timão

Foto: Divulgação

O Ministério Público do Estado de São Paulo abriu um inquérito para investir os contratos referentes a parceria entre Corinthians, SPR Sports e os donos das franquias da Poderoso Timão.

O inquérito foi instaurado na última terça-feira, dia 13 de outubro, tendo a Associação Franqueados Poderoso Timão como representante e a SPR Sports e o Sport Club Corinthians Paulista como representados. O processo está aguardando a resposta de ofício.

A briga entre as franqueadas, o clube e a empresa já dura meses. Alguns donos de lojas da Poderoso Timão criaram a associação para brigar por seus direitos. Eles reclamam de descaso por parte do clube, de benefícios a outras lojas na entrega de produtos exclusivos, da política de preços, entre outros problemas.

A associação já entrou na Justiça contra o Corinthians e a SPR Sports e teve seu processo negado, no final de agosto. A ação judicial foi encerrada por determinação da 5ª Vara Cível de São Paulo, mas os lojistas podem recorrer da sentença.

A parceria entre SPR Sports e Corinthians para a abertura das lojas Poderoso Timão foi criada em 2008. Em boa parte desse período, os lojistas obtiveram sucesso em suas franquias, mas, desde o ano passado, as vendas começaram a cair e as insatisfações culminaram na criação da associação. Mesmo assim, no final de 2014, o Timão renovou o contrato com a SPR até 2019.

Veja Mais:

  • Oposicionista deve oficializar sua candidatura em breve

    Com diretores atuais como vice, Paulo Garcia se lança como candidato à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Romarinho marcou sobre o Real Madrid, na semifinal do Mundial de Clubes de 2017

    Corinthians tira onda no Twitter após gol de Romarinho no Real Madrid

    ver detalhes
  • Novo uniforme branco do Corinthians na temporada 2017/18

    Corinthians e Nike renovam parceria até 2029; clube recebe bolada de luvas

    ver detalhes
  • Parte da dívida é relativa a venda de Felipe ao Porto

    Corinthians tem cerca de R$ 10 milhões a receber de clubes brasileiros e europeus

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes