Mesmo com pênalti não marcado, presidente do Flamengo reclama da arbitragem

Mesmo com pênalti não marcado, presidente do Flamengo reclama da arbitragem

Elias sofreu pênalti não marcado em jogo contra o Flamengo

Elias sofreu pênalti não marcado em jogo contra o Flamengo

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

As reclamações contra o Corinthians não param. Mesmo com um pênalti não marcado em cima de Elias, o presidente do Flamengo, Bandeira de Mello, reclamou da arbitragem do jogo deste domingo.

O presidente do time carioca questionou a expulsão do meia Jonas. Depois de levar um amarelo, no final da primeira etapa, por repetição de faltas, aos 12 minutos do segundo tempo, o jogador fez uma falta dura em Renato Augusto e foi expulso de campo.

“O primeiro amarelo foi claramente injusto. Vários jogadores do Corinthians haviam feito mais faltas do que o Jonas, mas prefiro que vocês analisem. Reclamar de arbitragem nesse campeonato já ficou uma coisa batida. Estou aqui falando como torcedor, prefiro deixar para vocês avaliarem. Fato é que o Flamengo tem sido sistematicamente prejudicado pelas arbitragens”, reclamou o mandatário na saída da delegação da Arena Corinthians.

A reclamação foi vista de maneira negativa, já que o Corinthians não teve um pênalti marcado no primeiro tempo após Márcio Araújo derrubar Elias dentro da área. Além de Jonas, o peruano Paolo Guerrero também levou cartão amarelo, mas por reclamação. Do lado do Timão, Arana e Elias foram amarelados.

O volante do Timão, aliás, falou sobre o lance do pênalti na saída do estádio alvinegro e criticou a postura do árbitro, que lhe deu o cartão por reclamação desse lance.

"O pênalti foi pênalti, todo mundo viu. Até tentei pular, eu quis jogar e ele educadamente não deu o pênalti. Depois ele ainda me deu o cartão amarelo que me deixou suspenso. Alguns árbitros ainda têm aquela postura de não querer conversar, mas isso tem que mudar", finalizou o camisa 7.

Confira o vídeo do momento em que Elias é derrubado na área

Veja Mais:

  • Recuperado de lesão, Balbuena volta a compor zaga com Pablo; dupla terá de parar melhor ataque do Paulista

    Defesa x ataque: Corinthians e São Paulo buscam vitória e equilíbrio em clássico no Morumbi

    ver detalhes
  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes