Com trabalho de Tite e Mano, Timão pode igualar marca do Cruzeiro em 2014

Com trabalho de Tite e Mano, Timão pode igualar marca do Cruzeiro em 2014

Por Meu Timão

3.2 mil visualizações 50 comentários Comunicar erro

Tite está perto de conquistar segundo turno do Brasileiro consecutivo

Tite está perto de conquistar segundo turno do Brasileiro consecutivo

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Próximo de conquistar o título do Campeonato Brasileiro, o Corinthians também está perto de igualar a marca do Cruzeiro, de 2014, em números de turnos da competição liderados.

Atualmente, o Timão é líder do segundo turno do Brasileiro, com 33 pontos conquistados. Se fechar o torneio na primeira colocação, chegará ao terceiro turno seguido em primeiro lugar.

O trabalho começou no ano passado com o técnico Mano Menezes. Em dezembro, ele deixou o time com o melhor desempenho do segundo turno do Brasileirão e a vaga garantida para a primeira fase da Copa Libertadores da América.

Tite assumiu em janeiro e manteve o bom rendimento no nacional. No primeiro turno, deu Timão novamente. Agora, com os 33 pontos do atual turno, o Corinthians já soma 110 pontos conquistados desde setembro de 2014 no Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro, em 2013 e 2014, chegou aos 119 - ainda restam 15 pontos a serem disputados nessa edição.

Veja Mais:

  • Resta apenas o acerto dos jogadores com seus novos clubes para selar o negócio

    Corinthians e Atlético-MG se acertam por troca de atacantes; jogadores aceitam conversar

    ver detalhes
  • Uendel pode acertar retorno para o Corinthians em breve

    Empresário confirma que Corinthians deve acertar retorno de Uendel em janeiro

    ver detalhes
  • Ramiro assinou com o Corinthians nesta quinta-feira e é o quinto reforço para 2019

    Novo reforço do Corinthians, Ramiro se aproxima de Jadson e Luan em estatísticas do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians jogou boa parte da temporada sem estampa no espaço principal do uniforme

    Otimismo do Corinthians com patrocínio contrasta com fracasso inédito desde era Kalunga

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes