Tite contém euforia do elenco pelo hexa e prega respeito ao Coritiba

Tite contém euforia do elenco pelo hexa e prega respeito ao Coritiba

Por Meu Timão

Em entrevista coletiva, Tite evitou o clima de 'oba-oba' e pediu respeito ao Coritiba

Em entrevista coletiva, Tite evitou o clima de 'oba-oba' e pediu respeito ao Coritiba

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O Corinthians tem, pela primeira vez na temporada, a chance de garantir matematicamente o título do Campeonato Brasileiro. Para isso, o elenco alvinegro terá de bater o Coritiba, adversário deste sábado, e ver o Atlético-MG tropeçar diante do Figueirense, domingo, em Florianópolis. Apesar da possibilidade, Tite conteve os ânimos dos jogadores.

“Tenho pensamento muito claro. Tenho lado ético de respeito aos clubes e aos profissionais, independente de serem amigos ou não. Tenho respeito grande ao Coritiba e fico focado no desempenho. Tudo que vier na sequência fica de lado”, afirmou Tite, em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

Apesar do discurso do treinador, os torcedores corinthianos já especulam até quem será o responsável por erguer a taça nacional. “Não tem capitão mais importante, fizemos uma alternância. Tem diversos itens. Eu confesso que não tenho. No dia do jogo tem uma lista de atletas e aí damos sequência. Falei tudo isso para dizer que não sei quem é (risos)”, disse.

Sem desfalques e com a volta do volante Elias, que teve de cumprir suspensão contra o Atlético-MG, o Corinthians vai a campo com: Cássio; Edílson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom; Vagner Love. Já Fagner e Uendel, recuperados de lesão, iniciam a partida entre os reservas.

“Fizemos um jogo com nível de exigência muito alto. Hoje me reuni com Edu Gaspar, Alessandro, Fábio, doutor, fisiologista, comissão... para avaliar situação de Uendel, Fagner. Jogar lá contra o Atlético-MG absorve muito. Tenho de soltar o elástico para não estourar, mas na quarta já retoma”, completou.

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes