Presidente corinthiano vê férias antecipadas como prêmio por dever cumprido

Presidente corinthiano vê férias antecipadas como prêmio por dever cumprido

Por Meu Timão

5.7 mil visualizações 93 comentários Comunicar erro

Roberto de Andrade aprova férias antecipadas em caso de título mais cedo

Roberto de Andrade aprova férias antecipadas em caso de título mais cedo

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, se mostrou a favor de dar férias antecipadas ao elenco alvinegro depois da confirmação do título do Campeonato Brasileiro. Isso pode acontecer já a partir desse final de semana.

Roberto, porém, é cauteloso. Segundo ele, primeiro é preciso vencer dentro de campo. Depois, ele acredita que as férias mais cedo possam garantir mais dias de pré-temporada.

"Eu não posso pensar no Corinthians pensando nos outros. Primeiro nós temos que ganhar do Coritiba e acontecer um resultado que não for a vitória do Atlético-MG pra gente se sagrar campeão e aí nós vamos sentar e vamos conversar. Caso todo mundo opte por darmos férias, ganharmos 15 dias de pré-temporada, eu não estou preocupado com ninguém. Cada um faça sua parte. Se eu tenho direito de voltar mais cedo no ano que vem pra poder preparar meu time melhor, porque que eu não vou fazer?", declarou o mandatário, em entrevista ao programa Seleção, do canal SporTV.

"Eu digo pros meus filhos o seguinte. Eu tenho três filhos e eles sempre foram os últimos a entrar de férias porque ficavam de recuperação. Eu falava: ‘Vocês não estão de férias porque não quiseram. Se tivessem estudado melhor, estariam de férias 15 dias antes de todo mundo’. Então é a mesma coisa, o Corinthians vai fazer o que é melhor pra ele", completou Roberto, usando os filhos como exemplo.

Questionado se dar férias para o elenco antes do fim do Campeonato Brasileiro, não prejudicaria a competição como um todo, Roberto foi sincero.

"Você tem desfalques durante o ano e ninguém tem dó de você. Se você perdeu jogadores pra Seleção e não pode jogar, o jogo está marcado e você tem que jogar. O Corinthians tem um grupo qualificado de 30 atletas. Alguém pode achar que são reservas, eu não entendo assim, o treinador também não entende assim, escala aquilo que ele acha que tem de melhor", finalizou o presidente.

Veja Mais:

  • Clayson é arma do Corinthians para surpreender no Moisés Lucarelli

    Com novo esquema e Jadson no banco, Corinthians visita Red Bull por redenção antes de Dérbi

    ver detalhes
  • Tome nota de tudo o que vai rolar na semana corinthiana

    De League of Legends a Dérbi: confira a agenda do Corinthians para a semana

    ver detalhes
  • Revelação de 2017, Pedrinho reforça Corinthians diante do Red Bull Brasil

    Com Pedrinho, Carille relaciona 23 no Corinthians para duelo com Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Renê Júnior foi apresentado pelo Corinthians à imprensa em 7 de janeiro

    Reforço de R$ 5 milhões, volante aguarda primeira chance no Paulistão; novo esquema pode ajudá-lo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes