Sobre ameaças, Roberto de Andrade diz que Timão vai pedir ajuda do Ministério Público

Sobre ameaças, Roberto de Andrade diz que Timão vai pedir ajuda do Ministério Público

Por Meu Timão

57 mil visualizações 206 comentários Comunicar erro

Presidente corinthiano manifestou preocupação com violência na partida

Presidente corinthiano manifestou preocupação com violência na partida

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Uma mensagem com ameaças aos torcedores do Corinthians por parte da torcida do Vasco está causando preocupação em todos. Na tarde desta segunda-feira, o presidente do Timão, Roberto de Andrade, falou sobre a segurança da partida no Rio de Janeiro.

Segundo ele, o Corinthians não tem muito o que fazer para evitar um confronto entre as duas torcidas, mas vai pedir ajuda do Ministério Público para que o pior não aconteça em São Januário, no dia 19 de novembro.

"Na realidade, não cabe muito ao clube, não tem o que fazer, principalmente fora do nosso estádio. O confronto Vasco e Corinthians sempre é um jogo de risco. São torcidas bem rivais, são bem violentas. O estádio de São Januário não é muito seguro, todas as vezes são dois, três vidros do ônibus quebrados, isso não tem como ser diferente", declarou o presidente, em participação na Rádio Globo.

O mandatário comentou as ameaças, divulgadas em primeira mão no Meu Timão, que foram enviadas por torcedores vascaínos: "Cabe à polícia do Rio de Janeiro. Nós já estamos procurando entrar em contato com o Ministério Público para que eles tomem toda a precaução para a segurança de todos os corinthianos que lá estarão", completou Roberto de Andrade.

A partida entre Vasco e Corinthians, marcada para o dia 19 de novembro, foi confirmada pela Confederação Brasileira de Futebol no estádio São Januário.

Veja Mais:

  • Corinthians de Clayson entra em campo neste domingo contra o São Paulo

    TV Globo transmite final entre Corinthians e São Paulo para dois estados do país

    ver detalhes
  • Carille comandou o último treino antes da final de domingo, contra o São Paulo

    Sem Urso e com jovens da base, Carille faz último treino e define relacionados para final

    ver detalhes
  • Há 16 anos, Fabinho era volante do Corinthians; hoje é auxiliar-técnico de Carille

    Do container à Disney, Fabinho relembra último título do Corinthians sobre o São Paulo no Paulista

    ver detalhes
  • Grite Corinthians: é a campanha que se espalha nas redes sociais entre internautas alvinegros

    Torcida do Corinthians tem até apoio de Casagrande contra gritos homofóbicos diante do São Paulo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes