Corinthians se mostra favorável ao modelo inglês de direitos de transmissão

Corinthians se mostra favorável ao modelo inglês de direitos de transmissão

Por Meu Timão

Para Andrés Sanchez, modelo dos direitos de transmissão da Premier League seria benéfico ao Corinthians

Para Andrés Sanchez, modelo dos direitos de transmissão da Premier League seria benéfico ao Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Clube que mais arrecada com cotas provenientes da Rede Globo, o Corinthians não teme que a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) proponha mudanças na atual divisão dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro. O superintendente de futebol do Timão, Andrés Sanchez, afirmou que o clube aceitaria o modelo de receitas televisivas da Premier League, principal competição da Inglaterra.

“Eu, como Corinthians, e o Flamengo, que são os dois que mais ganham, se quiserem o modelo inglês, nós assinamos na hora”, afirmou Andrés Sanchez durante participação no programa Seleção SporTV. “São 50% por cota fixa, 30% por audiência e 20% por classificação. Não tem problema, nós assinamos. Nós vamos ganhar muito mais, Corinthians e Flamengo”, disse.

Atualmente, Corinthians e Flamengo recebem R$ 110 milhões da Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão do Brasileiro. Para efeito de comparação, o clube que mais se aproxima da dupla citada acima é o São Paulo – o time do Morumbi fatura R$ 80 milhões. Já o Santos recebe pouco mais da metade do arrecadado pela cúpula do Parque São Jorge.

“Hoje na Inglaterra, o que mais ganha na Premier League e o que menos ganha a diferença é 4.3 (vezes). No Brasil, do que mais ganha ao que menos ganha, que é a Chapecoense, é 3.7”, explicou. “Na Espanha, 60% do dinheiro que vem da televisão é de Real Madrid e Barcelona, o resto é dividido”, destacou o cartola, que voltou a elogiar o acordo vigente das cotas.

“A diferença não é tanta. Vou falar dos valores do Clube dos 13. O Corinthians ganhava R$ 30 milhões. Corinthians, Flamengo, São Paulo, Palmeiras e Vasco. O restante ganhava R$ 18 mi, R$ 15 mi, R$ 10 mi, R$ 8 mi e R$ 7 mi. Isso era democrático? Aí mudou pra individual. Dois ganham mais, Corinthians e Flamengo. Hoje tem o São Paulo, Atlético-MG que estão ganhando três vezes mais do que ganhavam nos Clube dos 13”, finalizou.

CONFIRA OS VALORES DAS COTAS DE TV DO FUTEBOL BRASILEIRO

De 2012 a 2015

Grupo 1 – Flamengo e Corinthians: R$ 110 milhões
Grupo 2 – São Paulo: R$ 80 milhões
Grupo 3 – Vasco e Palmeiras: R$ 70 milhões
Grupo 4 – Santos: R$ 60 milhões
Grupo 5 – Cruzeiro, Atlético Mineiro, Grêmio, Internacional, Fluminense e Botafogo: R$ 45 milhões
Grupo 6 – Coritiba, Goiás, Sport, Vitória, Bahia e Atlético Paranaense: R$ 27 milhões

De 2016 a 2018

Grupo 1 – Flamengo e Corinthians: R$ 170 milhões
Grupo 2 – São Paulo: R$ 110 milhões
Grupo 3 – Vasco e Palmeiras: R$ 100 milhões
Grupo 4 – Santos: R$ 80 milhões
Grupo 5 – Cruzeiro Atlético Mineiro, Grêmio, Internacional, Fluminense e Botafogo: R$ 60 milhões
Grupo 6 – Coritiba, Goiás, Sport, Vitória, Bahia e Atlético Paranaense: R$ 35 milhões

Fonte: Trivela.uol.com.br

Veja Mais:

  • Pablo voltou a sentir dores na coxa e precisou deixar o gramado quarta-feira

    Pablo é diagnosticado com lesão e se torna desfalque do Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians vem crescendo no Fiel Torcedor

    Torcida do Corinthians rompe nova barreira e se aproxima de vice-líder do torcedômetro

    ver detalhes
  • Clayson pode ser titular contra o Fluminense, mas outros estão no páreo.

    Sem Carille, definição do time titular do Corinthians no Rio é adiada

    ver detalhes
  • Pablo para por até seis semanas no Corinthians

    Médico do Corinthians explica lesão de Pablo e nega relação com contratura

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes