Com naming rights, Timão pode reduzir pagamento de empréstimo do BNDES em quatro anos

Com naming rights, Timão pode reduzir pagamento de empréstimo do BNDES em quatro anos

Por Meu Timão

Receita do Naming Rights será usada para abater a dívida do empréstimo do BNDES

Receita do Naming Rights será usada para abater a dívida do empréstimo do BNDES

Foto: Meu Timão

Além de dar um nome ao estádio corinthiano, o acerto do naming rights pode diminuir, consideravelmente, o prazo para a quitação das dívidas da construção da Arena Corinthians. Segundo o portal da revista Época, todo a verba arrecadada com a venda do naming rights tem que ser destinada para abater o empréstimo feito com o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Se o Corinthians fechar a venda dos NRs (estimado em R$ 400 milhões, pagos anualmente em parcelas de R$ 20 milhões), o clube tem duas opções a cada vez que o cheque do patrocinador cair na conta. A primeira seria a redução do valor da parcela do financiamento, suavizando o fluxo de caixa do clube. A segunda opção seria diminuir o número de parcelas restantes, diminuindo consideravelmente o prazo da dívida, inicialmente em 13 anos, podendo cair para nove anos.

Além do empréstimo do BNDES, o Timão tem outros custos da Arena Corinthians para quitar que resultam num montante de cerca de 1 bilhão de reais. Ainda assim, a estimativa do clube é de quitar a dívida antes mesmo desses nove anos. Para isso, outras receitas como o tour da Arena e a venda dos CIDs são essenciais.

Veja Mais:

  • E o Jô? Tem ou não tem motivo para sorrir?

    Corinthians cutuca adversários e ironiza choradeira pelo calendário: 'Aqui não tem mimimi'

    ver detalhes
  • Meia Jadson pode voltar ao Corinthians no sábado; Pablo segue fora

    DM do Corinthians esvazia após 'semana light'; veja quem ainda se recupera

    ver detalhes
  • Balbuena segue como xerife do Corinthians

    Representante de Balbuena revela valor de oferta italiana recusada pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Fiel Torcedor está cada vez mais perto de voltar a ser o maior do país

    Em uma semana, mais de mil novos sócios aproximam Corinthians de primeiro lugar no Torcedômetro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes