Especulado no Benfica, Malcom é capa do jornal Record de Portugal

Especulado no Benfica, Malcom é capa do jornal Record de Portugal

Por Meu Timão

A capa desta quarta-feira do jornal Record, de Portugal, traz o corinthiano Malcom estampado. A manchete "Benfica quer Malcom" chama a atenção para a matéria "Águias avançam com proposta de € 6 milhões por Malcom". Especulado no futebol português desde o meio do ano, o jovem atacante pode ter uma oportunidade concreta em breve.

A oferta de 6 milhões de euros, equivalentes a aproximadamente R$ 24 milhões, seria válida para tentar tirar o jogador do Corinthians na próxima janela de transferências, em janeiro. Ainda de acordo com a publicação portuguesa, as negociações estariam sendo conduzidas por dois empresários: Hugo Martorell e Bruno Macedo.

Cria das categorias de base do Timão e titular no ataque do clube em 2015, Malcom já foi citado por Andrés Sanchez como o atleta do Corinthians mais procurado por times na Europa. Seu contrato, porém, é válido até o final de 2019 e a multa recisória para times do exterior é de R$ 70 milhões.

Malcom, que acumula 68 jogos e dez gols pelo Timão, tem somente 30% de seus direitos econômicos ligados ao Corinthians, enquanto os 70% restante pertencem ao seu empresário, Fernando Garcia, da Art Sports.

Confira a capa do jornal português

Capa Record

Veja Mais:

  • Corinthians foi hexacampeão brasileiro em 2015

    CBF define valores de premiação do Brasileirão-2017; Corinthians leva bolada se for campeão

    ver detalhes
  • Arena Corinthians pode se tornar palco da decisão da Libertadores 2018

    Arena Corinthians pode sediar final em jogo único da Libertadores-2018; duas cidades na briga

    ver detalhes
  • Fernandinho tem contrato com o Grêmio até dezembro

    Meia-atacante do Grêmio despista sobre possível interesse do Corinthians para 2018

    ver detalhes
  • Gabriel durante jogo contra o Grêmio na Arena Corinthians

    Gabriel rebate críticas contra returno do Corinthians e vê hepta 'encaminhado'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes