Advogado não vai em audiência e Timão não consegue acordo com agentes de Ralf

Advogado não vai em audiência e Timão não consegue acordo com agentes de Ralf

Por Meu Timão

Ralf ainda não sabe se continuará no Corinthians na próxima temporada

Ralf ainda não sabe se continuará no Corinthians na próxima temporada

Foto: Ricardo Taves/Ag. Corinthians

O Corinthians esperava fazer um acordo com os empresários de Ralf nesta quarta-feira, por conta de uma dívida de quase R$ 3 milhões de reais. No entanto, o advogado dos agentes não foi na audiência conciliatória e acordo não saiu. A informação é do GloboEsporte.com.

A audiência estava marcada para esta quarta-feira, dia 18 de novembro. Alisson Garcia Costa e André Vieira Costa, empresários do volante, cobram na Justiça o valor de R$ 2.797.813,42 do Timão.

A dívida é em relação a compra dos direitos econômicos de Ralf feita em 2012 pelo Corinthians. Na época, o jogador recebeu uma proposta da Fiorentina, da Itália, de 4 milhões de euros e o Timão não quis vender. Por isso, se comprometeu a comprar parte dos direitos, no valor de 1,9 milhão de euros.

Sem conseguir cumprir com o acordo feito na época, o Corinthians pagou apenas sete parcelas de 140 mil euros (mais a entrada de 245 mil euros). O restante está sendo cobrado na Justiça.

Por conta da falta do advogado, o processo seguirá em trâmite normal, sendo julgado na segunda instância. Esse é um dos problemas que impedem que o volante renove seu contrato com o Corinthians.

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes