Punido, Sport espera decisão para saber se enfrenta Corinthians com portões fechados

Punido, Sport espera decisão para saber se enfrenta Corinthians com portões fechados

Por Meu Timão

4.5 mil visualizações 62 comentários Comunicar erro

Corinthians pode enfrentar o Sport de portões fechados

Corinthians pode enfrentar o Sport de portões fechados

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O Sport tentou recorrer, mas o STJD manteve a punição da perda de um mando de campo por conta de uma confusão envolvendo torcedores uniformizados no jogo contra o Coritiba, no Paraná, em setembro.

A dúvida agora é para saber se essa pena será cumprida no próximo jogo, contra o Atlético-PR, neste domingo, ou contra o Corinthians, no dia 29 de novembro. A decisão será tomada pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e notificada ao clube pernambucano.

Além da proibição da presença de torcida, o Sport também terá que pagar uma multa de R$ 50 mil reais. O presidente do clube, João Humberto Martorelli, agora estuda a possibilidade de processar judicialmente a Torcida Jovem para tentar diminuir o prejuízo.

A confusão aconteceu no encontro entre Coritiba e Sport, no Couto Pereira, no dia 2 de setembro. Membros uniformizados se envolveram em uma briga nas arquibancadas do estádio.

Veja Mais:

  • Corinthians voltou a enfrentar o São José no Parque São Jorge, nesta segunda-feira

    Corinthians vira no último quarto, vence São José por um ponto e empata série final da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians terá ingressos mais baratos para assistir aos jogos na Arena

    Corinthians anuncia diminuição de preços dos ingressos da Arena; veja os novos valores

    ver detalhes
  • Léo Príncipe será emprestado ao Vitória de Setubal até julho de 2019

    Corinthians define operação de empréstimo de Léo Príncipe a clube português

    ver detalhes
  • Balbuena vem sendo especulado em diversos clubes europeus

    Corinthiano Balbuena entra na mira do Fenerbahce, aponta imprensa europeia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes