Na TV, Denílson diz que declaração de Tite incentiva violência em São Januário

Na TV, Denílson diz que declaração de Tite incentiva violência em São Januário

Por Meu Timão

Denílson acusou Tite de incentivar a violência com declarações sobre São Januário

Denílson acusou Tite de incentivar a violência com declarações sobre São Januário

Foto: Divulgação

O comentarista e ex-jogador de futebol, Denílson, deu uma declaração infeliz sobre o técnico Tite nesta quinta-feira. Debatendo sobre as preocupações do treinador em relação a atos violentos em São Januário, Denílson afirmou que Tite estaria incentivando a violência.

"Eu quero acreditar na declaração do Jorginho, que a gente tem que levantar a bandeira da paz. De certa forma, indiretamente, o Tite ali, com essa declaração, ele dá um incentivo à violência. Ele dá um apoio à violência", declarou Denílson, no programa Jogo Aberto, desta quinta-feira.

A declaração foi em relação ao que disse o técnico Tite na tarde desta quarta-feira. O comandante afirmou que não levaria sua família em São Januário, mas deixou claro que o problema não era o local. Mesmo assim, Denílson seguiu falando sobre Tite.

"Eu concordo com todas as palavras que o Jorginho disse em relação ao Tite, ele realmente é um profissional extremo, um ser humano maravilhoso, as pessoas só falam muito bem do Tite, mas nesse caso, eu me coloco no papel inverso. Se o jogo fosse na Arena decisivo, o Tite daria essa declaração? O Tite não daria essa declaração. Como o jogo é lá no Rio de Janeiro, ele fala que não levaria, automaticamente ele está incentivando", finalizou o comentarista.

A preocupação do técnico Tite não é a toa. Na manhã desta quinta-feira, por exemplo, os muros entorno de São Januário amanheceram pintados com a frase "São Januário. Território hostil desde 1927". Antes disso, mensagens de incentivo à violência foram divulgadas nas redes sociais durante as duas últimas semanas.

Veja Mais:

  • Jô marcou o gol da vitória do Corinthians

    Artilheiro Jô marca no fim, e Corinthians supera Chapecoense na Arena Condá

    ver detalhes
  • Jô assegurou vitória do Corinthians em Chapecó

    Líder absoluto, Corinthians abre dez pontos de diferença para segundo colocado

    ver detalhes
  • Léo Santos jogou no lugar de Balbuena, que está suspenso e machucado

    Prata da casa supera até Jô e é eleito craque da vitória do Corinthians sobre Chapecoense

    ver detalhes
  • Guilherme Arana está lesionado

    Possível nova oferta por Arana não abala diretoria do Corinthians: 'Ninguém sai até dezembro!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes