Atacante é cortado do banco de reservas e acompanha jogo no camarote de São Januário

Atacante é cortado do banco de reservas e acompanha jogo no camarote de São Januário

Por Meu Timão

Tite só pode contar com 12 jogadores no banco de reservas

Tite só pode contar com 12 jogadores no banco de reservas

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians vai ter torcedores especiais em um dos camarotes de São Januário. Rildo, Luciano, Matheus Pereira e Lincom vão acompanhar a partida, que pode definir o título do Brasileirão, da torcida.

Os três primeiros estão lesionados, mas acompanharam a delegação alvinegra até o Rio de Janeiro. O atacante Lincom foi relacionado e viajou normalmente para a capital carioca, mas foi o escolhido para ficar fora do banco de reservas na noite desta quinta-feira.

A corte é normal. O técnico Tite relacionou 24 jogadores para o jogo, mas somente 23 podem entrar no gramado - 11 titulares e 12 no banco de reservas. Por isso, Lincom ficou fora.

Até agora, o atacante recebeu poucas oportunidades no Corinthians. Com contrato apenas até dezembro deste ano, Lincom atuou apenas na vitória contra o Atlético-PR, entrando nos minutos finais.

Com todos os 27 jogadores alvinegros dentro de São Januário, o Corinthians só precisa de uma vitória simples para garantir o título do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Timão venceu rival brasileiro em Orlando e carimbou classificação à final da Florida Cup Playoff

    Em noite de estreias e gol de Kazim, Corinthians goleia o Vasco na Florida Cup

    ver detalhes
  • Craque da partida, Kazim marcou um gol e deu uma assistência em apenas 45 minutos; Cristian foi abaixo

    Time reserva supera titular em notas da partida

    ver detalhes
  • Carille já foi avisado que Fagner e Rodriguinho podem ser convocados

    Além de Fagner, meia do Corinthians pode ser chamado por Tite para a Seleção Brasileira

    ver detalhes
  • Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    [Marco Bello] Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes