Ralf agradece torcida do Corinthians e reafirma vontade de ficar

Ralf agradece torcida do Corinthians e reafirma vontade de ficar

Por Meu Timão

2.1 mil visualizações 43 comentários Comunicar erro

Ralf agradeceu apoio da torcida do Corinthians

Ralf agradeceu apoio da torcida do Corinthians

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O volante Ralf chegou ao seu sexto título com a camisa do Corinthians e não escondeu a emoção. O jogador, que fez o seu 350º jogo no Timão, afirmou que quer continuar no clube e que agora vai sentar para conversar sobre seu contrato.

"Eu quero ficar, sempre já estabeleci que queria ficar, mas não depende de mim. Mas avisei que queria sentar depois da gente ser campeão", declarou o jogador, ainda no gramado de São Januário.

Sobre o título, o volante exaltou o desempenho da equipe corinthiana e agradeceu o apoio da torcida alvinegra.

"Merecidamente. O professor fala muito nisso. A gente trabalhou forte. Só temos a agradecer por essa torcida maravilhosa. Só tenho a agradecer a Deus", disse, falando sobre o mértido da equipe do Timão na conquista do hexacampeonato.

"O time está de parabéns pela luta, pela entrega, todo mundo está feliz com esse título, é mais do que merecido, batalhamos, lutamos e fomos contemplados com mais esse título", completou.

Veja Mais:

  • Corinthians de Clayson entra em campo neste domingo contra o São Paulo

    TV Globo transmite final entre Corinthians e São Paulo para dois estados do país

    ver detalhes
  • Carille comandou o último treino antes da final de domingo, contra o São Paulo

    Sem Urso e com jovens da base, Carille faz último treino e define relacionados para final

    ver detalhes
  • Há 16 anos, Fabinho era volante do Corinthians; hoje é auxiliar-técnico de Carille

    Do container à Disney, Fabinho relembra último título do Corinthians sobre o São Paulo no Paulista

    ver detalhes
  • Grite Corinthians: é a campanha que se espalha nas redes sociais entre internautas alvinegros

    Torcida do Corinthians tem até apoio de Casagrande contra gritos homofóbicos diante do São Paulo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes