Primeira a acreditar no título, esposa de Tite também é parte importante no Hexa do Timão

Primeira a acreditar no título, esposa de Tite também é parte importante no Hexa do Timão

Por Meu Timão

Homenageado pelos jogadores, Tite credita título à esposa

Homenageado pelos jogadores, Tite credita título à esposa

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Não há dúvidas de que Tite é o grande nome da conquista do hexacampeonato brasileiro. Mas, para o treinador, há uma pessoa igualmente importante na temporada: sua esposa, Rose Bacchi, ganhou a homenagem do marido após a confirmação título corinthiano.

Segundo ele, Rose foi a primeira pessoa a acreditar na conquista do hexacampeonato do Timão. "Num momento de adversidade, de um resultado negativo, fui pra casa e ela disse assim: - Amor, levanta a cabeça, o time é bom", confidenciou o técnico.

Ainda no gramado de São Januário, o comandante corinthiano confidenciou, que, nos momentos difíceis, foi Rose quem o ajudou a retomar a busca pelos seus objetivos. "Não sei se foi feeling, premonição, se foi amor, não sei. - Vai trabalhar que esse time é bom, eles precisam de ti também", contou Tite.

Por isso, o treinador encerrou dedicando seu título à esposa: "É a minha esposa. Beijo, amor, te amo. Esse título é teu também!".

A influência de Rose no sucesso da carreira de Tite não para por aí. Quando o treinador decidiu se aposentar dos gramados em 1986, após uma série de lesões no joelho, foi ela a maior incentivadora para o então ex-jogador seguir a carreira de técnico.

Tite é muito apegado à família, e essa não é a primeira vez que o incentivo vem de dentro de casa. Em 2011, o apoio também veio da filha Gabriele, corinthiana, que o fazia falar um "vai, Corinthians!" antes de desligar o telefone. No mesmo ano, coube à ela entregar uma placa comemorativa ao técnico quando completou 100 jogos no comando do Timão.

Nesta temporada, o treinador ainda ganhou a companhia do filho Matheus, de 26 anos, que virou membro da comissão técnica do Timão. Foi o filho, inclusive, um dos que mais insistiu na indicação do recém-chegado, mas convincente Lucca.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes