Pensando em reforços, Corinthians define teto salarial em 2016

Pensando em reforços, Corinthians define teto salarial em 2016

Por Meu Timão

Salário de Elias é o mais próximo do teto salarial do Timão em 2016

Salário de Elias é o mais próximo do teto salarial do Timão em 2016

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A diretoria do Corinthians já trabalha para trazer reforços ao Timão na próxima temporada, visando reforçar o elenco para a disputa, principalmente, da Liberadores. Nessa circunstância, foi definido um teto salarial para 2016. A informação é dos jornalistas Camila Mattoso e Sérgio Rangel, da Folha de S. Paulo.

De acordo com o Departamento de Futebol do clube, o maior salário a ser pago no próximo ano não deverá ultrapassar os R$ 500 mil mensais. No elenco atual, o jogador alvinegro que recebe este valor é o volante Elias.

No entanto, o plano para a contenção de gastos pode ir por água abaixo caso o clube do Parque São Jorge não consiga vender Alexandre Pato nesta janela de transferências.

Atualmente emprestado ao São Paulo, o atacante recebe aproximadamente R$ 800 mil por mês, porém, o salário é dividido entre o Timão e o clube do Morumbi. Entretanto, vínculo com o rival acaba no final deste ano e, se voltar ao Corinthians, ultrapassaria, e muito, o valor do novo teto salarial.

Veja Mais:

  • Zé Rafael, de 24 anos, tem contrato com o Bahia até 2020

    Corinthians reforça interesse em Zé Rafael, mas tem de esperar até 9 de dezembro; entenda

    ver detalhes
  • Romero não jogará contra o Atlético-MG, mas estará na Arena Corinthians

    Mesmo suspenso, Romero tem duas metas para jogo da festa contra o Atlético-MG no domingo

    ver detalhes
  • Carille quer contar com seu reserva imediato em 2018

    Permanência de Walter é desejo de Carille, mas técnico já tem plano B em caso de saída

    ver detalhes
  • Na Série B do Brasileirão pelo Internacional, Leandro Damião entrou na mira do Timão

    Corinthians inicia sondagem sobre centroavante do Internacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes