Pensando em reforços, Corinthians define teto salarial em 2016

Pensando em reforços, Corinthians define teto salarial em 2016

Por Meu Timão

35 mil visualizações 97 comentários Comunicar erro

Salário de Elias é o mais próximo do teto salarial do Timão em 2016

Salário de Elias é o mais próximo do teto salarial do Timão em 2016

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A diretoria do Corinthians já trabalha para trazer reforços ao Timão na próxima temporada, visando reforçar o elenco para a disputa, principalmente, da Liberadores. Nessa circunstância, foi definido um teto salarial para 2016. A informação é dos jornalistas Camila Mattoso e Sérgio Rangel, da Folha de S. Paulo.

De acordo com o Departamento de Futebol do clube, o maior salário a ser pago no próximo ano não deverá ultrapassar os R$ 500 mil mensais. No elenco atual, o jogador alvinegro que recebe este valor é o volante Elias.

No entanto, o plano para a contenção de gastos pode ir por água abaixo caso o clube do Parque São Jorge não consiga vender Alexandre Pato nesta janela de transferências.

Atualmente emprestado ao São Paulo, o atacante recebe aproximadamente R$ 800 mil por mês, porém, o salário é dividido entre o Timão e o clube do Morumbi. Entretanto, vínculo com o rival acaba no final deste ano e, se voltar ao Corinthians, ultrapassaria, e muito, o valor do novo teto salarial.

Veja Mais:

  • Corinthians de Loss joga nesta quinta; Jadson é o artilheiro do Timão na Libertadores

    Corinthians de Loss enfrenta Millonarios e mira vantagens no mata-mata da Libertadores

    ver detalhes
  • Presidente Andrés Sanchez apresentou Osmar Loss como substituto de Carille no Corinthians

    Saída de Carille do Corinthians é festejada por palmeirenses; veja tweets

    ver detalhes
  • Mantuan era o capitão de Osmar Loss na equipe Sub-20 do Corinthians

    Osmar Loss já comandou dez jogadores do atual elenco do Corinthians

    ver detalhes
  • Gil durante visita ao CT do Corinthians

    Zagueiro Gil visita CT do Corinthians e agita torcedores nas redes sociais

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes