Zagueiro André Vinícius tenta agarrar a vaga final no elenco de Mano

Zagueiro André Vinícius tenta agarrar a vaga final no elenco de Mano

Por Meu Timão

Zagueiro corintiano diz que depende dele ser aproveitado por Mano Menezes

Zagueiro corintiano diz que depende dele ser aproveitado por Mano Menezes

Depois de cinco reforços, o  Corinthians   ainda procura mais um zagueiro para completar o elenco que tentará, enfim, transformar em realidade o sonho de conquistar pela primeira vez a Taça Libertadores. Enquanto o técnico Mano Menezes e a diretoria quebram a cabeça para encontrarem opções, um defensor formado nas categorias de base do Timão espera mostrar na próxima Copa São Paulo de Juniores que pode fazer parte do elenco principal.

André Vinícius, de apenas 18 anos, é a grande aposta do Timão na briga pelo oitavo título da competição. Apesar da pouca idade, o jogador já carrega responsabilidades de gente grande: fez parte do grupo campeão do torneio no ano passado, é o atual capitão da equipe e acumula uma convocação para a seleção brasileira da categoria.

- É o segundo ano que vou jogar a Copa São Paulo. Sou o mais velho do time e minha responsabilidade é maior. No ano passado, tínhamos um elenco entrosado e conseguimos o título. Sabemos que podemos conseguir isso novamente em 2010 – afirmou.

A história do zagueiro, aliás, está enraizada no Parque São Jorge. André chegou ao clube com apenas quatro anos para jogar futsal e, com oito, foi encaminhado para o futebol de campo. Apesar do talento mostrado nas últimas competições, o jogador tem de conviver com a sombra do pai, André Luiz de Oliveira, o André Negão, diretor administrativo do Corinthians e braço direito do presidente Andrés Sanches.

- Eu não misturo as coisas. Deixo meu pai lá, com as coisas dele, e eu fico aqui. Nós nem temos contato no clube. Ele me ajuda como pai, me dá conselhos, como qualquer outro. Eu também não gosto de ter muito contato no clube para que ninguém fale nada – acrescentou.

Em alguns treinamentos contra a equipe principal, André Vinícius aproveitou para aprender com um de seus ídolos: Chicão, titular absoluto da defesa alvinegra desde a campanha de retorno à elite do Brasileirão, em 2008. Lúcio, do Internazionale-ITA, é outro espelho para o defensor.

- Gosto bastante do Chicão e do Lúcio pela vontade e pela garra. É o que a torcida do Corinthians gosta – lembrou.

Mesmo sendo uma das apostas do Corinthians para o futuro, André Vinícius caminha ao lado de exemplos de não muito sucesso no clube. Diego e Renato, também formados nas categorias de base, não tiveram bons rendimentos durante o ano e dificilmente terão chances na Libertadores.

- Ser aproveitado vai depender de mim. Tenho que fazer a minha parte. Quando você é garoto e sobe, a pressão é bem maior. É preciso saber conviver com essa pressão – disse.

O técnico Doriva Bueno acredita que André Vinícius poderá chegar ao elenco principal pelo que vem mostrando nas categorias de base. O treinador aponta também o meia William e o atacante Taubaté como boas promessas do Alvinegro.

- O André vem tendo um bom desempenho desde o ano passado. É o capitão do nosso time e exerce uma liderança natural sobre os outros garotos, com muita pegada, mas também sabendo jogar tecnicamente – ressaltou.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

O Corinthians deve pegar alguem da base ou continuar procurando um zagueiro?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes