Agora campeão, Malcom agradece de jardineiro à presidente e lembra corinthianismo de infância

Agora campeão, Malcom agradece de jardineiro à presidente e lembra corinthianismo de infância

Por Meu Timão

Malcom comemorou com a taça do hexa

Malcom comemorou com a taça do hexa

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nascido em 1997, em família corinthiana, o jovem Malcom pôde, pela primeira vez em sua vida, fazer parte de um título do Corinthians. Como torcedor, ele viveu a era de ouro da equipe: desde quando nasceu, viu o Timão conquistar quatro Brasileiros, dois Mundiais, duas Copa do Brasil, uma Libertadores e uma Recopa.

Agora, em 2015, o atacante fez parte do elenco responsável por um novo título. E, emocionado, após a conquista o jogador lembrou tudo que viveu desde seus tempos de moleque, na base do Corinthians.

"Só tenho a agradecer a todo o mundo, do jardineiro ao presidente do Corinthians. Estou muito feliz. Agora é só comemorar", disse Malcom, enquanto comemorava o hexacampeonato no gramado da Arena Corinthians.

Com apenas 18 anos, o atleta também lembrou-se do corinthianismo de infância, que teve grande parte vivida dentro do Parque São Jorge - onde Malcom treina desde os oito anos de idade.

"Não tem sensação melhor. Quando eu tinha dois anos, estava no cangote do meu tio gritando pelo Corinthians. Hoje, estou vivenciando tudo isso dentro de campo, sabendo que temos muitos torcedores nos incentivando. Não tem coisa melhor", finalizou o atacante.

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes