'Com esse time não tenho medo de enfrentar o Barcelona', diz Edu Dracena

'Com esse time não tenho medo de enfrentar o Barcelona', diz Edu Dracena

Por Meu Timão

Dracena já enfrentou o Barcelona duas vezes na carreira

Dracena já enfrentou o Barcelona duas vezes na carreira

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O zagueiro Edu Dracena conhece muito bem a experiência de enfrentar o Barcelona. Ele atuou nos dois jogos do Santos contra o time espanhol e não tem boas recordações. Mesmo assim, o zagueiro garante que com o time atual do Corinthians não teria medo de encarar Messi, Neymar e companhia.

"De maneira alguma. É enfrentar de igual para igual. Pode ganhar, pode perder, mas é enfrentar de igual para igual. O time que a gente tem hoje. Eu com esse time assim não tenho medo de enfrentar o Barcelona, não", afirmou o zagueiro, em participação no programa Os Donos da Bola, da Band.

"Eu acho que ali na Europa, eu joguei na Turquia, joguei contra times grandes, os caras respeitam muito, como a gente respeitou no Mundial com o Santos. Brasileiro tem que ir para dentro dos caras, não pode ter medo não. Tem que fazer nosso jogo. Como o Corinthians fez no Mundial contra o Chelsea. Chegar junto, mostrar que não tem frescura não", completou.

Dracena esteve em campo nas duas derrotas do Santos para o Barcelona. Em 2012, no Mundial de Clubes, foi 4 a 0 para o time de Messi. No ano seguinte, um vexame maior: 8 a 0, com Neymar já jogando pelo time espanhol.

Mas antes de pensar no Barcelona, o Corinthians tem que passar pela Copa Libertadores da América no ano que vem. O zagueiro acredita que o Timão vai chegar forte para brigar pelo título da competição.

"Sim, briga pela Libertadores, acredito que a gente possa chegar. Tem jogadores de qualidade querendo oportunidade, o Cristian está muito bem. Os jogadores que estão jogando estão se mantendo bem. Com a chegada de alguns reforços, acredito que o Corinthians vai muito forte para a Libertadores do ano que vem", finalizou.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes